Pílula anticoncepcional alivia cólica menstrual

Editorial MDT 27/01/2012 Bem Estar

 

Imagem: (Foto Divulgação)

Uma pesquisa sueca, que durou 30 anos, acaba de descobrir que a pílula anticoncepcional de fato atenua os incômodos do período menstrual – como as cólicas. Divulgada no Human Reproduction, a pesquisa foi dirigida por pesquisadores da Academia Sahlgrenska, da Universidade de Gotemburgo, na Suécia. Ainda que análises anteriores indicassem que a pílula poderia apresentar um impacto positivo sobre as cólicas do período menstrual, uma formidável revisão realizada em 2009 concluiu que tais evidências eram limitadas e insuficientes.

As novas descobertas, todavia, apontam que mulheres que ingerem o anticoncepcional oral sofrem menos dores em comparação àquelas que não ingerem. Havia ainda um fator proeminente: mulheres mais jovens aparentam sofrer mais com cólicas menstruais do que as mais velhas. Os cientistas descobriram então, que o passar da idade realmente alivia os sintomas, porém as decorrências do uso do medicamento e a idade são independentes um do outro.

Pesquisa

Três equipes de mulheres que realizaram 19 anos em 1981, 1991 e 2001 participaram da pesquisa. Cada equipe havia de 400 a 500 mulheres que forneceram dados como peso, altura, cólicas menstruais e uso de contraceptivos.  Cinco anos depois, elas novamente foram examinadas.

Ao confrontar a mesma mulher em duas idades distintas, os cientistas usaram cada uma como seu próprio controle, permitindo instituir se quaisquer diminuições na rigidez dos sintomas eram devido ao uso da pílula ou do passar da idade. “Foi possível demonstrar a influência das pílulas anticoncepcionais na severidade da dismenorreia (cólica menstrual). Descobrimos que há uma diferença significante quando há ou não o uso da pílula”, diz Ingela Lindh, coordenadora do estudo.

Dor e outros sintomas foram avaliados por duas grandezas diferentes: a primeira, uma graduação que parte de ‘nenhuma dor’ e atinge a ‘severa’, que leva em consideração consequências nas atividades do cotidiano e se foi preciso uso de remédios; a segunda, uma grandeza onde a mulher pondera a dor em um limite de 10 centímetros, que começa em ‘nenhuma dor’ e termina em ‘dor insuportável’.

“Descobrimos que a pílula anticoncepcional reduziu a cólica menstrual em 0,3 pontos na primeira escala e em 9 milímetros na segunda, o que significa que as mulheres sentem menos dor e há uma redução na necessidade do uso de analgésicos”, diz Ingela. As reduções nos sintomas, quando associados apenas à idade, se mostraram bem menores: 0,1 pontos e 5 milímetros, respectivamente.

Outros artigos

Programa Rede TV Manhã Maior

13/06/2011

Programa Rede TV Manhã Maior

Definitivamente o formato de revista eletrônica nas manhãs das emissoras de televisão abertas brasileiras chegaram para ficar. Diversos canais estão apostando ...

Dicas Para Ganhar Tempo

03/08/2015

Dicas Para Ganhar Tempo

Separamos hoje algumas Dicas Para Ganhar Tempo em relação as suas tarefas do cotidiano. E uma das coisas que mais tomam tempo das pessoas é a caixa de entrada do e-m...

Sites para viajar como voluntário

22/11/2012

Sites para viajar como voluntário

O voluntarismo está despertando o interesse das pessoas que buscam um meio de viajar para o exterior. As organizações e empresas que promovem este tipo de experiênci...