Pílula Anti-Barriga Contra Obesidade

O que não falta é Pílula Anti-Barriga Contra Obesidade que circula no mercado, legal e ilegal, de forma livre. Hoje, vamos falar um pouco sobre…

O que não falta é Pílula Anti-Barriga Contra Obesidade que circula no mercado, legal e ilegal, de forma livre. Hoje, vamos falar um pouco sobre esses remédios, mas vale lembrar que nada melhor do que emagrecer com saúde, tendo uma dieta e também praticando exercícios físicas. O remédio pode até ajudar a limpar o organismo, melhor o metabolismo, mas nada disso se compara a capacidade que o ser humano tem de se organizar e seguir algumas regras, como as citadas acima.

Pílula Anti-Barriga Contra Obesidade (Foto Ilustrativa)

Pílula Anti-Barriga Contra Obesidade


Pílula Anti-Barriga Contra Obesidade: Entre os remédios mais conhecidos com a função de eliminar gordura é o
Acomplia (rimonabanto), remédio conhecido como pílula anti-barriga. Conforme o laboratório Sanofi-Aventis, que é o responsável pela venda do remédio, até o final do mês a comercialização do medicamento contra obesidade estará regularizada. O valor do remédio custava de R$ 225,00 a R$ 750,00 para a caixa contendo 28 comprimidos, onde as pessoas só poderão adquirir o produto através de receita controlada.

Leia mais informações sobre: CONHEÇA OS MELHORES REMÉDIOS DE EMAGRECER

Sobre a pílula anti-barriga

O novo medicamento contra a obesidade age do seguinte modo: bloqueia os receptores no cérebro, conhecidos como canabinoides, que induzem ao desejo de comer e a uma sensação de prazer maior do que o normal, produzindo um efeito oposto, ou seja, o efeito contrário.

Preocupação com a gordura localizada tem feito pessoas comprarem remédios para queimar os quilos a mais (Foto Ilustrativa)

O medicamento é indicado somente para pessoas que tem obesidade relacionada a fatores de risco, como diabetes tipo 2 e também para pessoas que tem aumento fora do normal da taxa de lipídios (dislipidemia), visto que melhora o controle da taxa de açúcar no sangue, o que ajuda a regular a diabetes e aumenta o HDL, conhecido como bom colesterol.

Leia Também:  Melhores Suplementos para Emagrecer 2010-2011

Segundo a Anvisa, os resultados das pesquisas clínicas demonstraram que se as indicações médicas forem obedecidas, o remédio é seguro. O laboratório diz que o remédio não é recomendado para pacientes com histórico de distúrbios depressivos e doenças psiquiátricas não controladas.

Acomplia é suspensa no Brasil desde 2008

Remédio é suspenso no Brasil e em vários países (Foto Ilustrativa)

Após diversos estudos as substâncias de formação da Acomplia foram associadas a quadros de depressão e também a suicídios, isso levou a suspensão da venda do medicamento não só no Brasil como em praticamente todo o mundo. O remédio foi comercializado com frequência desde abril de 2008 até outubro do mesmo ano. Infelizmente o medicamento não só fornecia a diminuição do peso, bem como da circunferência abdominal, mas também desencadeava quadros de transtornos psiquiátricos graves, como depressão e ansiedade, sendo que os pacientes que consumiram a Acomplia têm o dobro de chances de desenvolver transtornos psiquiátrico.

Leia mais informações sobre: QSYMIA: O REMÉDIO CONTRA OBESIDADE

Do outro lado da história

A fabricante do medicamento defende a questão do risco-benefício alegando que os benefícios para pacientes com dificuldade  de perda de peso são bem maiores do que a porcentagem de pacientes que desenvolvem problemas psiquiátricos. Alguns pacientes suspenderam o uso assim que souberam das consequências, outros porém permaneceram em tratamento até o remédio ser totalmente suspenso.

Malhar e mudar a alimentação é a melhor forma de emagrecer com saúde (Foto Ilustrativa)

As boas e velhas práticas como a alimentação saudável e atividades físicas superam qualquer método de emagrecimento milagroso, é bom pensar duas vezes antes de se submeter e lembrar sempre que a determinação e a força de vontade fazem a maior diferença em qualquer circunstância.

E nunca se esqueça que a automedicação é um risco e ninguém melhor do que o médico para analisar se há ou não a necessidade de tomar remédio do tipo. Além disso, para emagrecer o melhor é aliar a orientação do médico com a do personal trainer, que vai passar uma série de combinações de exercícios e só assim é possível atingir o objetivo de maneira segura e saudável.

Leia Também:  Frutas que os bebês mais gostam

Top