Pessoal x Profissional: Aprenda a Distanciar um do Outro e Tenha uma Vida Melhor

Um dos maiores enigmas para quem tem uma carreira é justamente a ideia de separar vida pessoal e profissional. Os antigos mandamentos dourados dizem…

Um dos maiores enigmas para quem tem uma carreira é justamente a ideia de separar vida pessoal e profissional. Os antigos mandamentos dourados dizem que não devemos levar problemas de casa para o trabalho e vice versa. Afirmam que esta prática é necessária, imprescindível, porém essa seria uma expectativa real? Seria mesmo possível separar uma coisa da outra?

Existe sim uma resposta, e essa é “não”. Pelo menos não no sentido do velho tudo ou nada.

Vida particular x Vida profissional

De acordo com o portal Terra, a satisfação profissional costuma se estender em todos os aspectos da vida, assim como a felicidade contribui para o desempenho no trabalho: está tudo atrelado, de forma que não cabe uma total separação. Seria impossível e também inviável, ainda mais no momento atual: vivemos em um tempo onde as empresas nunca pareceram tão atentas aos seus funcionários, em todos os sentidos.

Qualidade de vida tem sido a palavra chave após a descoberta de que não há como pensar a questão somente por um ângulo. Há agora espaço para a compreensão: um modelo muito diferente da antiga aspereza que parecia ser regra em ambientes corporativos, mas é claro que isso não significa uma permissão para que tudo se misture indefinidamente.

O segredo é o equilíbrio:

Para o palestrante e conferencista Tom Coelho é preciso equilíbrio: em entrevista para a Catho Online ele declarou que: por mais interferência que a vida pessoal possa ter na profissão, espera-se que o tempo de trabalho seja dedicado exclusivamente ao trabalho e com o mínimo gasto de atenção possível as problemas particulares. Claro que há ocasiões onde acontecerão urgências, afinal o inesperado pode acontecer, porém não devem ocorrer abusos. E obviamente, na hora em que estes problemas acontecerem, deve haver honestidade para assim evitar que algum lapso do funcionário seja visto de forma errada e descontextualizada.

Leia Também:  Convites para festa junina, modelos

A mesma matéria da Catho Online também dá algumas orientações importantes a respeito deste equilíbrio. Confira algumas delas:

– Se você tem amizades com colegas de trabalho e estende essa relação a sua vida pessoal evite a postura de falar mal do emprego ou reclamar, seja do cotidiano profissional ou das pessoas ao seu redor. Este tipo de comentário pode gerar conflitos caso sejam revelados aos demais.

– Se você tem uma relação de amizade com chefe e equipe e até frequenta happy hour lembre-se que o ambiente de trabalho não deve ser tratado com a mesma intimidade que na rua. Deslizes neste sentido podem ser muito inconvenientes.

– Tente não fazer tudo ao mesmo tempo: pese o tamanho de seus problemas e o tempo do qual você dispõe para resolvê-los. Uma vez pensado, tente resolvê-los em tempo e locais adequados.

– Caso esteja passando por algum problema que esteja interferindo em seu desempenho no trabalho deixe o seu líder a par disso. Não que sirva como desculpa, mas compreensão e apoio são sempre bons em momentos como esse.

Agindo com equilíbrio ambos os pontos podem coexistir sem problemas. Invista!

Top