Pesquisadores israelenses desenvolvem um novo tratamento contra o câncer

Pesquisadores de Israel, publicaram no início da semana, a criação de um novo método para tratar tumores cancerosos, o qual consistem em implodi-los com a…

Imagem: (Foto Divulgação)

Pesquisadores de Israel, publicaram no início da semana, a criação de um novo método para tratar tumores cancerosos, o qual consistem em implodi-los com a emissão de raios alfa, o que diminui as chances de reincidência da doença. Os pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, estão prestes a começar exames em clínicas com o novo método, que usa uma fina inserção como uma agulha que emite raios alfa de pequena distância dentro do tumor.

Ao contrário da radioterapia, a qual bombardeia o câncer com raios gamas a partir do exterior, no atual método os fragmentos alfa  circulam dentro do tumor, alastro-se para o exterior antes de se desfragmentar, de acordo com as explicações dos especialistas. “É como uma bomba de fragmentação. No lugar de explodir em um ponto, os átomos se dispersam continuamente e emitem partículas alfa a distâncias maiores”, destaca a Universidade de Tel Aviv.

O processo estabelece cerca de dez dias e deixa somente pequenas porções de chumbo, não radioativo nem tóxico, no corpo. O implante, inserido no tumor por uma agulha , “se desintegra de maneira inofensiva”. “Não apenas a destruição das células cancerosas é mais segura, mas na maioria dos casos o paciente desenvolve imunidade contra o reaparecimento do tumor”, descreve a declaração.

Em análises realizadas em roedores de laboratório, 100% dos que tiveram o tumor retirado cirurgicamente criaram um novo tumor, contra 50% dos que foram submetidos ao tratamento radioativo, enfatiza o Instituto. “Os pesquisadores obtiveram excelentes resultados contra vários tipos de câncer, especialmente de pulmão, pâncreas, colo, mama e cérebro”.

Top