Pesquisa aponta relação entre autismo do bebê e obesidade da mãe Pesquisa aponta relação entre autismo do bebê e obesidade da mãe

Pesquisa aponta relação entre autismo do bebê e obesidade da mãe

Pesquisa aponta relação entre autismo do bebê e obesidade da mãe. Um estudo feito por cientistas da universidade UC Davis, na Califórnia, sugere que…

Por Élida Santos em 31/03/2015

Pesquisa aponta relação entre autismo do bebê e obesidade da mãe. Um estudo feito por cientistas da universidade UC Davis, na Califórnia, sugere que a obesidade durante a gravidez aumenta 67% as chances da mulher dar a luz um filho com autismo do que para as mulheres com peso ideal. Embora não prove que a obesidade é uma causadora do mal, o estudo tem como objetivo fazer um alerta para as mães obesas.

Pesquisa aponta relação entre autismo do bebê e obesidade da mãe (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Pesquisa mostra que 1 hora de sono melhora vida sexual feminina

Pesquisa aponta relação entre autismo do bebê e obesidade da mãe

Pesquisa aponta relação entre autismo do bebê e obesidade da mãe nos Estados Unidos, onde há um aumento cada vez maior do número de nascimento de bebês com autistas. Naturalmente, o risco de uma mãe ter um bebê com a doença é de um em 88, mas quando a mulher é obesa a coisa simplesmente piora e as chances pulam de uma mulher em cada 53.

Cuidado com a obesidade (Foto: Divulgação)

Mais de um terço das norte-americanas em período fértil são obesas

“Uma vez que mais que um terço das mulheres norte-americanas com idade fértil são obesas, os resultados são potencialmente preocupantes e viram um incentivo para essas mulheres repensarem seu peso normal”, explicou a pesquisadora Paula Krakowiak, co-autora do estudo.

Veja a relação entre autismo e obesidade (Foto: Divulgação)

Pesquisa foi feita na Califórnia

A pesquisa foi realizada com mil crianças da Califórnia, que possuem idade entre dois e cinco anos. Nesse estudo foram anotados 700 casos de autismo e outras doenças relacionadas ao desenvolvimento do bebê enquanto somente 315 casos não tiveram nenhum problema e então foram observados quais mães eram ou não obesas e viram quais doenças os filhos das obesas tinham.

Saiba mais informações sobre: Casamento infeliz é culpa dos filhos segundo pesquisa

 

Seja um bom exemplo para os seus filhos (Foto: Divulgação)

Exemplo errado para a criança

O péssimo exemplo das mães obesas simplesmente acaba com a saúde de seus filhos o resto da vida das crianças, que acabam sofrendo muito com isso.  Mulheres acima do peso consomem alimentos de um jeito errado, que acaba gerando problemas de saúde não somente para si, como também para os seus filhos, que crescem comendo errado.

Top