Pés inchados na gravidez: o que fazer

Todo mundo sabe que é normal os pés ficarem inchados durante a gestação. Esse problema pode ser causado pela retenção de líquidos, comum nesse…

Todo mundo sabe que é normal os pés ficarem inchados durante a gestação. Esse problema pode ser causado pela retenção de líquidos, comum nesse período. Não só os pés podem sofrer com estes edemas, mas também nas pernas e mãos podem aparecer os inchaços, lembrando que nem sempre essas partes são afetadas. Saiba mais sobre o assunto e veja o que fazer com pés inchados na gravidez.

Os exercícios ajudam a diminuir o inchaço na gravidez. (Foto: divulgação)

Pés inchados

O período da gravidez o corpo produz em torno de 50% mais fluídos do corpo, para suprir as necessidades do bebê no organismo. O inchaço na gravidez é causado pelo sangue e fluidos a mais produzidos. Cerca de 80% das gestantes saudáveis retém líquidos nos últimos meses da gestação, sendo mais comum a partir do quinto ou sexto mês.

O acúmulo de líquido leva ao inchaço. Que geralmente desaparece depois de períodos de repouso e podem aparecer novamente de maneira gradativa durante o dia. O edema é visível, quando pressionamos a pele forma-se uma depressão, espécie de buraco que some gradualmente. Segundo especialistas, o escalda-pés é um tratamento muito eficaz.

Os pés da gestante devem ser elevados para diminuir o inchaço. (Foto: divulgação)

O que fazer quando os pés incham na gravidez

1. Cuide bem da sua alimentação: use o sal para temperar os alimentos. Ele é um dos maiores culpados pelo inchaço na gravidez. A gestante precisa ficar de olho no consumo de alimentos que contenham sódio e colaboram com o inchaço. Ela também deve tomar água e dar preferencia para legumes e verduras nas refeições.

2. Exercite-se: os exercícios ajudam a diminuir o inchaço na gravidez . As atividades mais indicadas são as feitas na água, como hidroginástica e natação. A água desempenha a pressão no espaço extra-vascular, favorecendo a entrada de líquidos nos vasos, ajudando na circulação.

Leia Também:  Sabonetes para pele oleosa: como escolher?

3. Use meias elásticas: muitas grávidas dizem que as meias incomodam muito, esquentam e a maioria acaba deixando-as de lado, mas as meias de compressão específicas são mais importantes. O objetivo é pressionar as paredes das veias periféricas, não permitindo o extravasamento de liquido para o meio extravascular.

4. Elevação das pernas: essa solução é mais antiga e prática para o problema. No final do dia o mais recomendado é que a gestante coloque as pernas para o alto, com o objetivo de facilitar o retorno de sangue das pernas para o coração.

5. Drenagem linfática: a drenagem linfática é uma aliada importante da grávida. Quando feita corretamente, ajuda a melhorar a circulação sanguínea e a diminuir o inchaço. Mas antes de fazer as massagens, é preciso ter certeza de que o profissional é especializado.

As drenagens linfáticas são excelentes para reduzir o inchaço. (Foto: divulgação)

O inchaço nos membros inferiores é muito comum após o 5 mês de gestação, afinal ocorre uma maior dificuldade de circulação sanguínea a medida que o bebê cresce. O inchaço nos pés pode ser amenizado com alguns cuidados diários de alimentação, exercícios e outros. Aposte nas dicas citadas acima.

Top