Perguntas Frequentes em Entrevistas de Emprego

Perguntas Frequentes em Entrevistas de Emprego

Entrevistas de emprego são o passo mais importante na busca por uma nova colocação no mercado. Durante o processo seletivo, as empresas que estão…

Por Redacao em 19/07/2011

Entrevistas de emprego são o passo mais importante na busca por uma nova colocação no mercado. Durante o processo seletivo, as empresas que estão contratando tem a oportunidade de conhecer melhor os candidatos, saber das experiências e aspirações profissionais, além de ter um contato direto com a pessoa, que diz muito mais do que uma simples análise do currículo. Por isso, os candidatos que estão prestes a encarar uma entrevista de emprego devem se preparar bem para o momento.

Além de um currículo bem feito e com informações precisas, que é a ferramenta mais importante antes da entrevista, no dia do encontro o candidato deve se vestir adequadamente, com roupas sóbrias, que denotem o espírito profissional. Somado a isso, é importante passar confiança nas informações, além de responder às perguntas de forma clara. Para você se preparar melhor para este momento, separamos aqui algumas perguntas que são frequentemente utilizadas em entrevistas de emprego. Veja só:

1.  Fale um pouco sobre você: com essa pergunta o candidato tem a oportunidade de falar sucintamente sobre suas realizações profissionais até o momento, a experiência acadêmica, e objetivos que se assemelhem aos da empresa. Lembre-se que o foco é a vida profissional, portanto, evite abordagens muito pessoais, a não ser que você seja perguntado sobre isso. Para essa resposta, o candidato pode se preparar com antecedência, no sentido de organizar a resposta, mas jamais decore um texto, pode parecer forçado e não passar credibilidade.

2. Por que você está procurando um novo emprego?: trata-se de uma pergunta delicada. Por mais que você tenha tido problemas na empresa em que trabalha ou trabalhava anteriormente, não mencione conflitos nem fale mal da organização. Mantenha a positividade e remeta seu discurso ao momento atual de sua carreira e a busca por novas experiências, avanços na carreira e outros tópicos do tipo. No caso de você ter sido demitido e ser perguntado sobre isso, é importante não mentir e utilizar um tom positivo para explicar a situação sem, jamais, denegrir a imagem da empresa.

3. Quais são os seus pontos fortes?: por mais que possa parecer uma tarefa fácil, é preciso escolher as qualidades objetivamente, com exemplos práticos de como acontecem no dia-a-dia ou em situações que o candidato já tenha vivido. Tome cuidado para não passar dos limites do “autoelogio” ou citar qualidades que não estejam relacionadas à vida profissional. Algumas dicas de qualidades que podem ser exploradas nessa questão: responsabilidade, iniciativa, competência, proatividade e competência.

4. Quais são suas características comportamentais que ainda estão em desenvolvimento?: na maioria das vezes, o recrutador não fala em pontos negativos, mas sim em pontos a serem desenvolvidos. Esta é uma questão delicada, pois o candidato deve saber explicar as características de forma que a resposta não seja clichê ou que vá contra o que já foi dito antes.

5. Por que você deseja trabalhar nesta empresa?: neste momento é importante que o candidato já tenha pesquisado sobre a empresa, a área de atuação e outras características que podem entrar em consonância com o objetivo profissional desejado. Respostas simplórias como “é um sonho” não bastam, é preciso que o candidato tenha uma argumentação consistente.

Top