Pequenos sintomas que indicam DST

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, cerca de 10,3 milhões de brasileiros já tiveram algum sinal ou sintoma de alguma doença sexualmente transmissível (DST). No entanto, apenas uma pequena parte da população busca atendimento, uma vez que não sabem reconhecer os sinais sugestivos do problema. Conheça os pequenos sintomas que indicam DST.

Conheça os pequenos sintomas que sugerem DST. (Foto: divulgação)

Saiba mais sobre a DST

As doenças sexualmente transmissíveissão causadas por diversos tipos de agentes infecciosos. Como o próprio nome faz jus, a maioria é transmitida durante o ato sexual sem proteção (uso de preservativo – camisinha). As patologias costumam se manifestar através de feridas, corrimentos, bolhas ou verrugas. As mulheres, em especial, devem ficar atentas, uma vez que nem sempre é possível distinguir de manifestações comuns do próprio organismo. Dessa forma, é essencial que a mulher busque atendimento periódico com o especialista. Vale ressaltar que quando as DSTs não são devidamente diagnosticadas e tratadas, podem evoluir com complicações graves, como a incapacidade de engravidar e, até mesmo, a morte.

O uso de preservativo é a melhor forma de prevenir a DST. (Foto: divulgação)

Aprenda a reconhecer as manifestações

Separamos abaixo as principais características que acendem o sinal de que há algo de errado com o organismo e que podem sinalizar DST. Conheça abaixo alguns exemplos dessas manifestações.

  • Secreção vaginal ou corrimento

De acordo com especialistas, algumas secreções claras e sem cheiro que acontecem até uma semana antes da menstruação, são normais. O problema é quando o sintoma é persistente. Dessa forma, diante de uma secreção vaginal de coloração amarelada, verde ou branca, de grande quantidade, pode sinalizar algum problema de infecção ou alguma DST.

  • Verrugas genitais

Elas dão sinal de que há algo de errado com o corpo e, por isso, são necessários a realização de exames específicos para que elas possam ser analisadas. Em geral, o aparecimento de verrugas está relacionado com a infecção de doenças, como o HPV. Doença essa que aumenta os riscos de desenvolvimento de cancer de colo de útero.

  • Odor forte

Diante da existência de um cheiro forte não característico, na região da vagina, é importante que a mulher busque a orientação de um especialista. Em geral, o cheiro forte pode estar totalmente ligado com algum tipo de infecção bacteriana, estando diretamente ligado com algum tipo de DST.

  • Coceira

De acordo com especialistas, a coceira não está ligada com nenhum tipo de DST. Em geral, esse sintoma está relacionado com a infecção por um fungo, denominado cândida, que além de coceira, vem acompanhado de corrimento de coloração branca.

Uma grande parte dos indivíduos brasileiros são portadores de DST. (Foto: divulgação)

As doenças sexualmente transmissíveis estão cada vez mais comuns em nosso meio. Após conhecer mais sobre os pequenos sintomas que indicam DST, basta ficar atento às manifestações e buscar a orientação e um especialista para iniciar o tratamento.

Reply