Pelos encravados: como evitar

Pelos encravados é algo comum em homens e mulheres, mas eles têm solução. Esse problema acontece porque durante o crescimento, os pelos não conseguem…

Pelos encravados é algo comum em homens e mulheres, mas eles têm solução. Esse problema acontece porque durante o crescimento, os pelos não conseguem romper a pele e se desenvolvem internamente, causando uma inflamação no folículo piloso. O resultado são bolinhas avermelhadas, dores e coceira no local, pele com infecção com pus em alguns casos. Conheça algumas dicas simples para evitar pelos encravados.

Leia mais sobre: Como acabar com os pêlos encravados

Pelos encravados são um problema com solução (Foto: Divulgação)

Depilação com cera provoca mais pelos encravados

A depilação com cera causa o espessamento da pele, que teve a camada de queratina removida durante o procedimento. Depois da eliminação dos pelos, o novo fio demora mais para crescer do que em outros métodos de depilação. Com isso, encontra uma barreira: a nova camada de queratina formada neste período provoca o entupimento e impede a saída do pelo, provocando o encravamento.

Óleos corporais e cremes ajudam a deixar os pelos mais encravados

O uso de óleos corporais e cremes hidratantes podem aumentar a quantidade de pelos encravados, já que a pele fica mais oleosa. A utilização de roupas apertadas, o nascimento de vários pelos em um único folículo piloso e a obesidade pioram o quadro, já que obstruem a saída do fio, gerando a foliculite.

Saiba mais sobre: Produtos para evitar pelos encravados

Como evitar que os pelos encravem?

Usar sempre hidratantes à base de ureia ou ácido lático após a depilação, isso ajuda a evitar que os pelos fiquem encravados. Esses ativos fazem uma microesfoliação e impedem a queratinização excessiva, que auxilia no encravamento do pelo. Para casos mais graves, em que a pessoa tem incidência de pelos encravados é necessário procurar um dermatologista, que irá indicar um medicamento específico ou cremes manipulados. Os cremes anti-inflamatórios podem ser encontrados em farmácias e perfumarias.

Troque as lâminas com frequência (Foto: Divulgação)

Dicas rápidas para não conviver com pelo encravados

-Se optar por esse método de depilação, use a lâmina no sentido dos pelos;

Leia Também:  Urucum: além do bronzeamento rápido ele ajuda a emagrecer e a reduzir o colesterol

-Substitua com maior frequência as lâminas de depilação. Para não sofrer com inflamações e ter um método eficiente, o ideal é trocá-las a cada semana;

– Use loções de pré e pós-depilação, que podem ser encontradas em lojas especializadas;

– Elimine dos banhos quentes e das roupas apertadas sempre que possível;

– Esfolie a pele uma vez por semana;

– Após a depilação fique, pelo menos, 24 horas sem se expor excessivamente ao sol.

 

Top