Pele sensível: saiba o que evitar

A pele sensível costuma reagir de forma negativa aos fatores externos, como calor e frio. Além de sofrer com as mudanças climáticas, ela também…

Por Isabella Moretti em 28/02/2013

A pele sensível costuma reagir de forma negativa aos fatores externos, como calor e frio. Além de sofrer com as mudanças climáticas, ela também requer cuidados com a escolha dos cosméticos, caso contrário pode sofrer com vermelhidões e ardências.

A exposição excessiva ao sol pode prejudicar a pele sensível. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Técnicas de depilação para pele sensível

As características da pele sensível

A pele sensível costuma ficar vermelha com facilidade e tem vasinhos aparentes. Ela pode sofrer com coceiras, ardências e irritações frequentes. Este tipo de pele, característico de aproximadamente 40% da população, pode ser dividido em dois subgrupos: seco e opaco com descamação ou oleoso propenso à acne.

Quem tem pele sensível, seja oleosa ou seca, precisa tomar alguns cuidados para não sofrer com problemas dermatológicos. É importante redobrar a atenção na hora de escolher os cosméticos, afinal, alguns ativos podem desencadear a irritação.

As pessoas com mais sensibilidade na pele devem usar cosméticos capazes de acalmar, como os produtos a base de aloe vera, camomila, gengibre, malva, enxofre, zinco, ácido salicílico e feverfew.

O que evitar em caso de pele sensível?

Alguns cosméticos devem ser evitados, pois existem ativos que agridem a pele. (Foto:Divulgação)

Confira o que deve ser evitado para não prejudicar a pele sensível:

Cosméticos que agridem a pele
Nem todos os produtos podem ser aplicados na pele sensível. Entre os ativos que devem ser evitados, vale ressaltar: álcool, ácido lático, mentol, vitamina C, tolueno propilenoglicol, avobenzona e peróxido de benzoíla. Antes de comprar um cosmético, é importante ler com atenção os ingredientes da fórmula.

Vestuário que causa alergia
As pessoas com pele sensível devem evitar o uso de roupas justas e confeccionadas com fios sintéticos, afinal, as peças costumam causar alergias. Para evitar problemas, o algodão é o tecido mais indicado.

Tratamentos estéticos intensos
Quem sofre de pele sensível não deve se submeter aos tratamentos estéticos faciais mais intensos, como peelings e microdermoabrasão. Estes dois métodos removem a camada de defesa da pele e, consequentemente, elevam a sensibilidade.

O banho com água muito quente prejudica a pele sensível. (Foto:Divulgação)

Banho inadequado
Na hora de tomar banho, o indivíduo com pele sensível não deve esfregar demais o corpo com a bucha, caso contrário ele pode causar lesões, romper as fibras de colágeno e elastina. O banho muito quente e demorado também agride a pele, então precisa ser evitado.

Alimentação ruim
As pessoas com pele sensível devem evitar o consumo de alimentos apimentados. A saúde da cútis vai melhorar se houver o consumo de cenoura, morango, iogurte, abacaxi, castanha do Pará, pepino e soja.

Exposição ao ambiente
Os fatores externos, como sol, vento e poluição, costumam agredir a pele sensível. Para não sofrer com coceira, ardor e irritação, basta evitar a exposição excessiva.

Veja também: Como cuidar da pele sensível no inverno

Top