Pela primeira vez será celebrado oficialmente Dia Nacional da Consciência no Brasil

No próximo domingo (20) será celebrado oficialmente, pela primeira vez, como Dia Nacional da Consciência Negra e de Zumbi. A norma que estabelece a…

(Imagem: Foto divulgação)

No próximo domingo (20) será celebrado oficialmente, pela primeira vez, como Dia Nacional da Consciência Negra e de Zumbi. A norma que estabelece a celebração foi aprovada na semana passada pela presidenta. Ao assinar o documento, Dilma desconheceu uma velha reivindicação do movimento negro para que retirasse a data do calendário dos feriados oficiais do Brasil.

O projeto de criação do Dia Nacional de Zumbi foi apresentado em 2003 pela senadora Serys Slhessarenko PT-Mato Grosso. Ao tramitar pela Câmara, um substituto sugeriu a admissão da data na tabela de feriados nacionais. No entanto, ao retornar para o Senado, onde há apenas um parlamentar negro, Paulo Paim do PT, a proposta foi recusada.

No Planalto, Dilma optou por não modificar o projeto, mantendo a ideia de celebrar a data,  porém sem parar o país. Em mais de 200 cidades, no entanto, a data já é considerada como feriado.

Até no começo de 70, a principal celebração referente ao fim da escravidão no Brasil era o dia 13 de Maio, data na qual a princesa Isabel assinou a chamada Lei Áurea, abolindo de vez a escravidão. Em 1971, no entanto, em plena ditadura militar, uma equipe de militantes, determinou que a melhor data seria a da plausível morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.

Zumbi morreu em batalha, depois de comandar durante dez anos um movimento de oposição contra a escravidão. Chegou a unir centenas de rebeldes no Quilombo dos Palmares, em Palmares – AL.

Top