Peixe fresco: como escolher

Com a aproximação da Semana Santa o consumo de peixes aumenta e a demanda fica maior do que a de costume, mas é preciso…

Saiba como escolher peixe fresco na hora de comprar

Com a aproximação da Semana Santa o consumo de peixes aumenta e a demanda fica maior do que a de costume, mas é preciso saber escolher o peixe para não comprar passado do tempo. Por ser um alimento muito sensível as alterações enzimáticas e microbianas ele se deteriora com facilidade.

O peixe é um alimento muito importante na dieta, devido ao teor protéico e as vitaminas, minerais e ácidos gordos como ômega 3 e 6. Ele deve ser bem armazenado e quanto mais fresco for consumido melhor. Por isso o tempo de pesca e de venda para o consumidor deve ser muito rápido, se levado em conta a qualidade e o frescor.

O vendedor pode ajudar na escolha do peixe, mas é importante que você saiba identificar se ele está fresco ou não

Para escolher o peixe e conhecer se ele está fresco ou não é preciso observar certos cuidados como:

– Cheiro– deve ser de maresia, um cheiro agradável, sem odores fortes;

Aspecto da pele – a pele deve ser rija, com aspecto brilhante e úmido. Se o peixe for com escamas elas devem ser bem presas, visto que, se saírem com facilidade é sinal de alteração no produto;

Olhos do peixe – os olhos devem ser brilhantes e cristalinos com a córnea transparente e a pupila negra, devem estar úmidos;

– Guelras – as guelras devem ser bem vermelhas e firmes, sem vestígios de muco ou secreção;

Carne – a carne deve ser bem firme, se pressionada e ficar marcas profundas é sinal que o peixe esta alterado. Ela deve ser firme e bem presa as espinhas;

– Vísceras – as vísceras devem estar soltas, sem muco e bem cheirosas, qualquer alteração é sinal de peixe passado.

Leia Também:  Roupas que não podem faltar no seu guarda-roupa plus size no verão

Se o peixe for vivo em tanques fica mais fácil de comprar peixe fresco, visto que eles estando bem ficam nadando de um lado para outro, mas se estiverem muito na superfície ou de lado é sinal que estão morrendo. Outra dica importante para conservação do peixe é mantê-lo sempre refrigerado ou com gelo até a hora do consumo, para evitar que se deteriore com facilidade.

Curiosidades

O valor energético de cada peixe:

– Peixe gordo em cada 100 gramas contém 210 kcal

– Peixe magro em cada 100 gramas contém 85 kcal

– Peixe meio gordo em cada 100 gramas contém 140 kcal

– Limpe bem e lave os peixes antes de guardar e depois congelar, isso vai garantir qualidade em nutrientes na hora de consumir. Não se esqueça de colocar a data do congelamento, para consumir peixe com qualidade.

Depois de conhecer e ficar por dentro de varias dicas para comprar peixe fresco, fica fácil de consumir o alimento sem medo de estar sendo enganado. Aproveite as dicas e passe a consumir mais peixe no dia a dia, visto que, faz bem para a saúde de toda família.

Para se manterem frescos os peixes e as postas devem ser conservados no gelo

Top