Pedras nos rins, mitos e verdades

Muitas pessoas já sofreram com a cólica nos rins. Apesar de ser um acometimento comum em nosso meio, ainda existem algumas dúvidas a respeito.…

Por Editorial MDT em 28/08/2012

Muitas pessoas já sofreram com a cólica nos rins. Apesar de ser um acometimento comum em nosso meio, ainda existem algumas dúvidas a respeito. Conheça alguns mitos e verdades sobre as pedras nos rins.

Conheça os sintomas das pedras nos rins.

A ingestão de líquidos é essencial para os indivíduos que sofrem com os cálculos renais. (Foto: divulgação)

Mitos x verdades sobre as pedras nos rins

  • O leite colabora com a formação do cálculo renal – mito

Muitas pessoas afirmam que deve-se evitar a ingestão do leite por ele ser rico em cálcio e favorecer a formação de pedras nos rins. No entanto, suspendê-lo da dieta pode acarretar outro problema, a osteoporose (falta de cálcio nos ossos). Assim, especialistas afirmam que o ideal é tomar, ao menos, uma xícara de leite por dia.

  • O principal vilão dos rins é o cálcio – mito

Especialistas no assunto afirmam que o cálcio é um protetor do rim, em relação a formação de pedras. Isso porque sua diminuição, favorece a formação de oxalato, principal substância que compõe o cálculo renal.

  • Beber água é essencial – verdade

A ingestão de água no intuito de prevenir a formação de pedras nos rins é essencial. E o ideal é tomar um copo de água a cada duas horas.

  • A pessoa que já teve pedra nos rins, terá novamente – mito

Segundo dados, a cada 100 pessoas que tiveram cálculos renais, 50 delas terão novamente. No entanto, para que o problema não retorne, é importante que o indivíduo cuide da alimentação. Essas pessoas devem evitar o consumo excessivo de proteínas e usar menos sal na comida.

A pedra nos rins acomete um número restrito da população. (Foto: divulgação)

  • A cerveja colabora com o combate desse mal – verdade

Do mesmo modo que o café estimula o fluxo urinário e colabora com a prevenção do cálculo renal, a cerveja também faz. Porém, é importante lembrar que a cerveja é uma bebida alcoólica, por isso, aprecie com moderação.

  • A dor de expelir um cálculo renal é semelhante à dor do parto – mito

A dor varia conforme o indivíduo e o local que a pedra se encontra. Dessa forma, existem pacientes que não sente dor nenhuma e aqueles que afirmam sentir uma dor insuportável.

  • O cálculo renal tem fator genético envolvido – verdade

Estudos demonstraram que cerca de 10% das pessoas que tiveram cálculos renais, possuem um parente que sofreu com o problema. No entanto, é importante ressaltar que uma dieta equilibrada pode por fim a essa herança.

  • A falta de exercícios físicos colabora com a formação das pedras nos rins – mito

Até o momento não há estudos que demonstrem que o exercício físico colabora na prevenção da formação dos cálculos renais.

  • Uma alimentação desregulada favorece a formação de pedra nos rins – verdade

A formação de pedra nos rins está totalmente vinculada com um hábito alimentar errado. Assim, caso você seja fã de sal, refrigerantes, embutidos e enlatados, cuidado! Você faz parte do grupo de risco.

Uma alimentaçaõ saudável é essencial na prevenção de pedras dos rins. (Foto: divulgação)

A pedra nos rins acomete um número restrito da população. No entanto, é possível evitar esse problema através de uma alimentação saudável. Após conhecer os mitos e verdades sobre as pedras nos rins, basta avaliar seu hábito diário e realizar as mudanças necessárias para evitar que as pedras apareçam.

Conheça o tratamento das pedras nos rins.

Top