Pedras nos rins: esclareça as principais dúvidas

A pedra nos rim, ou cálculo renal, é um problema muito comum e que causa muita dor na região lombar. A maioria dos cálculos renais é eliminada…

A pedra nos rim, ou cálculo renal, é um problema muito comum e que causa muita dor na região lombar. A maioria dos cálculos renais é eliminada do corpo sem necessitar de intervenção médica. Saiba mais sobre o assunto e esclareça as principais dúvidas sobre as pedras nos rins.

As pedras nos rins provocam dores intensas. (Foto: divulgação)

Pedras nos rins

Quem já sofreu com as pedras dos rins dificilmente consegue esquecer o principal sintoma que é a dor aguda nas costas e não melhora em nenhuma posição. Como se não bastasse, ela pode vir acompanhada de náuseas, vômitos e sangramento urinário. Segundo especialistas, entre 5% e 10% da população brasileira já teve ou terá cálculo renal uma vez na vida. Sendo que, 50% dos casos apresentam histórico familiar do problema. Para evita-lo, o conselho médico é muito simples. Tomar no mínimo dois litros de água por dia e evitar o consumo excessivo de sódio (sal).

Vários fatores influenciam no surgimento de pedras nos rins. (Foto: divulgação)

Veja também pedras nos rins, mitos e verdades 

Dúvidas sobre as pedras nos rins

1. O consumo de leite ajuda a formar pedra nos rins.

Muito se fala a respeito da ingestão de leite poder influenciar no aparecimento do cálculo renal, pois algumas pedras são compostas por cálcio, um componente desse alimento. Porém, isso não é verdade. O leite exerce fator protetor, impedindo a formação de cálculos. O cálcio que se deposita nos rins é consequência de uma má diluição, e não tem relação com o cálcio do leite ingerido. Segundo especialistas, é necessário tomar pelo menos uma xícara de leite por dia.

2. O cálcio não é um vilão dos rins.

Leia Também:  Short hot pant: como fazer

As pedras renais podem ser formadas por diversas substâncias, entre elas o oxalato. Quando não ingerimos leite e derivados, temos menor quantidade de cálcio para se ligar ao oxalato e ser expelido do organismo. Por isso, vários pesquisas tem mostrado que ingerir leite ou cálcio ajuda na prevenção do problema.

3. Quem teve uma vez terá outras vezes.

A cada 100 pessoas que tiveram pedra nos rins, 50 terão novamente em dez anos. Para evitar o retorno do problema é preciso cuidar da alimentação. A pessoa deve comer menos proteínas, usar menos sal na comida e beber mais água.

4. Cerveja evita as pedras nos rins.

Da mesma forma que o café, a cerveja estimula o fluxo de urina e pode auxiliar na prevenção da litíase renal. Mas não se esqueça de que a cerveja é bebida alcoólica, por isso deve ser consumida com moderação.

5. Comer feijão faz mal.

O feijão é rico em oxalato, uma das substâncias que formam as pedras. Porém, quando o alimento fica de molho na água antes de ser cozido, parte do oxalato é perdida.

Tomar muita água ajuda a prevenir as pedras nos rins. (Foto: divulgação)

Veja também sintomas de pedras nos rins 

As pedras nos rins são causadas por vários fatores. Elas provocam dores intensas nas costas, sangramento urinário, náuseas e vômitos, gerando grande desconforto. É necessário apostar em uma boa alimentação para prevenir o problema e tratar as pedras nos rins.

Top