Pedra na vesícula: prevenção e tratamento

Pedra na vesícula: prevenção e tratamento

Pedra na vesícula: prevenção e tratamento é o tema da matéria a seguir, na qual vamos comentar um pouco mais a respeito desse problema,…

Por Andre em 09/04/2015

Pedra na vesícula: prevenção e tratamento é o tema da matéria a seguir, na qual vamos comentar um pouco mais a respeito desse problema, que atinge entre 10% e 15% da população, aparecendo principalmente nas mulheres com idade de 40 a 50 anos.

Pedra na vesícula prevenção e tratamento (Foto Ilustrativa)

Também conhecida como cálculo biliar, essa doença se caracteriza pela formação de pedras ou cálculos na vesícula. Quando eles se localizam na vesícula biliar, a condição é chamada colelitíase. Já se aparecerem nas vias biliares, o nome é coledocolitíase.

Localizada entre o fígado e o intestino, a vesícula armazena a bile, substância que participa do processo digestivo. Em algumas pessoas, os materiais que formam a bile acabam se agrupando na vesícula e, com o tempo, se transformando nos temidos cálculos.

Como prevenir pedras nos rins

Pedra na vesícula: prevenção e tratamento

A dor provocada pelo cálculo biliar é conhecida como uma das mais intensas (Foto Ilustrativa)

De forma geral, os sintomas da pedra na vesícula demoram a aparecer. Mas quando os cálculos começam a entupir as vias biliares, as dores surgem, trazendo muito desconforto, além de enjoo, vômito, febre e pele amarelada.

A formação do cálculo biliar se deve a vários fatores, geralmente associados a hábitos nada saudáveis. Por isso, uma das formas de prevenir pedra na vesícula é levar uma vida mais saudável, evitando, entre outras coisas, alimentos gordurosos e o cigarro, priorizando frutas, legumes, verduras e outros alimentos “do bem”.

Para diagnosticar o problema é preciso fazer uma consulta médica (Foto Ilustrativa)

Complicações da pedra na vesícula

Para evitar pedra na vesícula também é bom praticar atividades físicas com regularidade e fazer, pelo menos uma vez ao ano, exames para checar os níveis de colesterol e triglicérides.

Diabéticos, obesos, sedentários, hipertensos, mulheres com uso prolongado de anticoncepcionais, pessoas com casos de cálculo biliar na família e pessoas em idade avançada devem redobrar a atenção, para evitar a doença.

Tratamento para pedra na vesícula

O cálculo biliar atinge principalmente às mulheres (Foto Ilustrativa)

O tratamento para pedra na vesícula vai depender da gravidade do caso, podendo incluir o uso de medicamentos, como o Ursodiol, quando não há sintomas, e a utilização de ondas de choque (litotripsia), tratamento alternativo que diminui o tamanho da pedra e facilita a sua eliminação pelo organismo.

As piores dores do mundo

No entanto, o tratamento mais comum para o cálculo biliar é a cirurgia de retirada da vesícula, realizada através de videolaparoscopia, método pouco invasivo e que requer um curto tempo de recuperação.

Top