Patinação artística salva o Brasil no 11º dia de competições em Guadalajara

A patinação artística foi a grande alegria da segunda-feira brasileira nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Com uma apresentação impecável, inspirada no astro James Bond,…

Na base da superação, Marcel Sttürmer ignora roubo de seus trajes e conquista o ouro em Guadalajara

A patinação artística foi a grande alegria da segunda-feira brasileira nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Com uma apresentação impecável, inspirada no astro James Bond, o atleta Marcel Stürmer conquistou sua terceira medalha de ouro seguida em Pans, se sagrando tricampeão dos Jogos.

E a medalha dourada teve um gostinho especial para Marcel, que superou o roubo de seus equipamentos antes de embarcar para o México, fazendo com que o competidor utilizasse patins novos e figurino improvisado em sua apresentação. “Estou muito feliz, esta é a conquista da superação. Não poderia ter escolhido personagem melhor, porque a minha realidade era muito difícil quando cheguei aqui, depois do assalto, sem meu patins, minha roupa, o material que uso todos os dias há um ano e meio. É claro que isso provocou uma desestrutura emocional, então foi muito mais fácil sair da minha realidade e entrar na do James Bond, um cara que passa por cima de tudo, supera todos os obstáculos”, disse ele após a conquista.

Com o ouro de Marcel, o Brasil chega à 27ª medalha dourada em Guadalajara.

Decepções no atletismo, no handebol, na ginástica e no basquete

Nas competições de atletismo um nome aparecia como favorito para faturar o ouro: Fabiana Murer, no salto com vara. No entanto, a atual campeã mundial sucumbiu diante da cubana Yarisley Silva e ficou com a medalha de prata em Guadalajara. Com a marca de 4,70, Murer foi superada pela cubana, que saltou para 4,75.

Quem também não conseguiu colocar o Brasil no lugar mais alto do pódio foi a Seleção Brasileira masculina de handebol. Na decisão contra os rivais argentinos, a equipe brasileira não fez uma boa exibição e saiu derrotada por 26 a 23. Além de ficar com a prata nos Jogos Pan-Americanos, o Brasil perdeu a chance de garantir presença nas Olimpíadas de Londres em 2012, já que apenas o campeão pan-americano assegura a vaga.

Leia Também:  Barracas de Camping, Preços, Modelos

Na apresentação da ginástica artística feminina, o Brasil também decepcionou, ficou com o modesto quinto lugar na disputa por equipes e pela primeira vez desde 1995 não garante um lugar no pódio. Naqueles dias em que nada dá certo, a equipe brasileira teve uma performance abaixo do normal e as quedas de Daiane dos Santos, Daniele Hypolito, Priscila Cobello, Gabriela Soares e Adrian Nunes, em vários aparelhos, contribuíram para a péssima colocação.

As meninas do basquete brasileiro também deram uma bola fora no 11º dia de competições em Guadalajara, ao perder para a fraca Seleção de Porto Rico por 69 a 68 e ficar de fora da grande final dos Jogos. Favorita absoluta para o ouro, agora, a equipe brasileira vai ter de se contentar em disputar o bronze.

Top