Passeios com o bebê: cuidados, dicas

Aqueles que, recentemente, tornaram-se pais, principalmente os chamados “de primeira viagem” ficam muito confusos quanto ao momento certo de levarem seus bebês para os…

Aqueles que, recentemente, tornaram-se pais, principalmente os chamados “de primeira viagem” ficam muito confusos quanto ao momento certo de levarem seus bebês para os passeios. O que os pais mais sentem é insegurança, que surge pelo medo de estarem expondo os bebês aos perigos do mundo, de forma irresponsável. Contudo, não se deve ter esse sentimento, mesmo aqueles que não têm nenhuma experiência com criança. É natural sentir um pouco de receio.

Estímulos novos, fora de casa (Foto:Divulgação)

Os bebês são seres muito frágeis. Geralmente, os pais se sentem mais seguros mantendo a criança dentro de casa. As primeiras saídas do lar são forçadas pela ida ao pediatra. Este momento, então, chega a ganhar os ares de uma operação de alto risco! O melhor é manter a calma e pensar em alguns simples cuidados; desta forma, os pais estarão começando a dar os primeiros passos necessários à vida normal, esperada para esta criança.

Cuidados e dicas para que o passeio seja de puro prazer

Banho de sol: As mães, assim como os bebês, precisam sair um pouco da rotina que se instala em sua vida, após o nascimento do pequeno. Portanto, os passeios são benéficos aos dois. Se você, mãe, ainda está insegura quanto a isso, comece com pequenos passeios, dentro de sua própria casa. Os médicos aconselham que os bebês tomem banhos de sol. Isso é importante para acontecer a síntese de vitamina D – importante na prevenção ao raquitismo.

Durante os 15 primeiros dias de vida, o bebê pode ser levado ao sol diariamente, antes das 10h ou após as 16h. Você pode fazer isso durante apenas 5 minutinhos. Se estiver calor, proteja a cabecinha dele com um chapéu; o bebê pode estar nu ou de fraldas. Se estiver frio, deve estar de roupinhas, normalmente, enquanto toma o banho de sol apenas nas mãos e no rosto. O uso de protetor solar não é indicado, antes de completos 6 meses de vida, pois pode irritar a pele do bebê.

Os passeios são bons para os pais, também (Foto:Divulgação)

Passeios pela rua: O mesmo pode ser feito, conforme dito acima. Se for melhor para sua segurança, vá acompanhada do pai da criança ou de outra pessoa. Adquirir um carrinho para bebês é muito útil, aos passeios. Assim, você fica menos preocupada, enquanto se cansa menos e aproveita para arejar sua cabeça. Os carrinhos devem ter proteção solar, caso o passeio seja longo. Lembre-se: embora o banho de sol seja necessário, os bebês não podem permanecer por muito tempo nesta situação, pois sua pele é muito frágil e pode se queimar, facilmente.

Leia Também:  Conjuntinhos, tendências para o verão 2013

Veja mais dicas em: Picadas de insetos em bebê: o que fazer

Passeios a outros lugares: Não existe uma idade exata para começar a levar a criança a locais diversos. O importante é que você evite expor o bebê a locais com muitas pessoas e barulho. Isso, além de irritar e cansar a criança, ainda pode expô-la a riscos de contaminação por bactérias e vírus, contra os quais o organismo dela ainda não possui defesa. Prefira lugares calmos, quietos e limpos. A fase mais indicada para estes tipos de ambientes é a que se inicia depois dos 6 meses de vida.

Slings: práticos e seguros (Foto:Divulgação)

Acessórios para passeios: Se vai sozinha ou sozinho passear com o bebê, um bom acessório é o Sling. Este carregador, tal como o carrinho, ajuda os pais a pouparem energia, diminuindo o peso sobre os braços. Além disso, ainda permite que a pessoa tenha maior mobilidade, podendo realizar outras tarefas, enquanto carrega o bebê e diminui o risco de derrubá-lo. Por questões de praticidade, este acessório pode permitir que os pais façam seus passeios com os bebês, mais frequentemente.

Existem outros acessórios para bebês. Veja mais em: Como usar o canguru para bebês

Além destas dicas, nunca se esqueça da temperatura corporal dos bebês. Esteja atenta(o) ao clima, antes de sair de casa. Certifique-se de que a criança esteja adequadamente vestida, tendo em vista que ela sente mais frio do que nós, adultos.

Bom passeio!

Top