Participação Dos Pais na Adolescência Dos Filhos

Participação dos Pais na Adolescência dos Filhos. A adolescência é considerada a melhor faze da vida das pessoas, pois é nesta faze que as…

Por Redacao em 13/10/2010

Participação dos Pais na Adolescência dos Filhos.

A adolescência é considerada a melhor faze da vida das pessoas, pois é nesta faze que as melhores descobertas são feitas em virtude do seu corpo e dos sentimentos amorosos, mas é preciso saber lidar com eles para não cometer erros graves que geram conseqüências desastrosas. Nesta faze é preciso ter muita compreensão dos pais para com os filhos adolescentes, pois é exatamente nesta faze que os hormônios entram em ebulição e causam mudanças de comportamento freqüentemente que vão de alegria extrema a raiva, depressão e até o desvio de conduta voltando-se para as drogas.

Comportamento dos pais

Quando os adolescentes estão começando a se interessar pelo sexo oposto é preciso que os pais tenham compreensão, pois a maioria acha que ainda não é o momento adequado e que o adolescente ainda não esta preparado para enfrentar um relacionamento e acaba proibindo seu filho de namorar. “Erro dos pais”, pois é nesta hora que eles vão procurar apoio com os colegas que tem a mesma faixa etária e acabam sendo seus confidentes e conselheiros e que pensam da mesma forma, se distanciam dos pais e namoram escondido sem o consentimento nem o apoio dos seus pais que deveriam ser as pessoas mais envolvidas nesta hora tão importante para o adolescente.  Na realidade para os pais seus filhos nunca crescem e querem que eles permaneçam sempre de baixo de suas asas protegendo-os de tudo e afastando-os de qualquer “perigo” que para os pais possam parecer enormes e na realidade são apenas coisas da adolescência.

Impondo limites

Em parte os pais têm um pouco de razão, pois eles querem o bem de seus filhos e a proteção é o maior cuidado que eles possam ter, mas é preciso cuidar com os excessos para não sufocar os filhos. Deixar que eles se relacionem na adolescência pode parecer um pouco precoce, mas faz parte dessa faze da vida e todos já passaram ou vão passar por ele algum dia. É claro que mesmo permitindo o namoro é preciso impor limites, controlar horários e lugares onde eles freqüentam, mas sem exageros. Tudo deve ser feito com muito cuidado para não sufocar e prejudicar o relacionamento que com certeza é lindo e puro e que com certeza não vai ser nada muito serio e duradouro. O controle excessivo pode ser considerado pelo adolescente como uma prisão tirando a liberdade dele que é o que ele mais almeja nesta faze, não estou dizendo que é para libertar total, mas podem ser controlados sem que eles percebam, sutilmente.

Programas em família

É nesta faze que os adolescentes fogem dos programas em família, querem estar ao lado da pessoa amada por mais tempo possível e ficando longe dos pais. Nesta hora que os pais devem ser mais companheiros e convidar “o casal” para fazer o programa juntos, seja ele qual for, cinema, teatro, uma viagem, em fim, com certeza eles vão adorar e se sentirão parte integrante da família e passarão a fazer parte dos programas e sendo monitorados pelos pais sem que eles percebam.

Importância do relacionamento

Neste tipo de  relacionamento entre adolescentes não se pode afirmar se vai ser duradouro ou não, pois o relacionamento depende da maturidade com que ele é exercido, pois existem homens e mulheres maduros já passados dos trinta anos e não conseguem ter um relacionamento duradouro enquanto que adolescentes podem ter um relacionamento que dure por muitos anos. Por isso que é importante a participação dos pais nos relacionamentos entre adolescentes para que a relação entre família seja mais prazerosa possível e para que os pais compreendam que a prisão não vai impedir o adolescente de cometer erros e namorar, mas é viável que pais e filhos saibam respeitar os seus limites dentro do temo necessário, pois todos um dia já foram adolescentes e namoraram com ou sem o consentimento dos pais.

Conseqüências do namoro na adolescência

O namoro na adolescência pode ser muito prazeroso, mas também pode trazer muitas conseqüências se não for um relacionamento saudável entre pais e filhos, pois no anonimato o adolescente pode usar de maneiras ilícitas usando drogas e até mesmo transando sem cuidados para evitar DST (doenças sexualmente transmissíveis) ou gravidez. Se os pais estiverem presentes na vida do adolescente alertando sem cobranças ou ameaças, mas sendo amigo com certeza o jovem vai passar pela adolescência de maneira agradável e curtir muito esta fase maravilhosa da vida que é um privilegio dos seres humanos. Por isso pais sejam amigos de seus filhos orientando, com diálogo e principalmente escutando os protestos e sonhos dos adolescentes para que possam se orgulhar da adolescência.

Top