Papa vira boneco defecando no presépio natalino espanhol

Pode até parecer estranho, mas a tradição dos espanhóis para o Natal passa pelo banheiro. Desde o séc. XVIII bonecos defecando como símbolo de fertilidade nos presépios da Espanha. Para levar a tradição para outros países e difundir o caganer (nome dado aos bonequinhos que fazem necessidades fisiológicas em presépio) artesãos estão fazendo os bonecos com imagens de pessoas famosas, e nem o Papa Francisco escapou dessa tradição estranha.

Papa de caganer (Foto: Divulgação)

Neymar e Dilma viram caganer

A tradição da Espanha diz que o caganer é símbolo que fertilidade. Para deixar esse bonequinho com uma cara mais atual e carismática algumas celebridades internacionais, além do Papa Francisco, passaram a “emprestar” suas características ao item. Neymar, Messi, Obama, Dilma e até o mascote da Copa do Mundo de 2014 viraram caganer.

Dilma vira caganer (Foto: Divulgação)

História do caganer

Sinônimo de fertilidade, a história do caganer é bem curiosa. Em uma sociedade de tradição agrícola, os bonecos de terracota antigamente representavam um camponês catalão agachado fazendo suas necessidades fisiológicas em seu campo, em uma tradição que remonta ao século XVIII.

Mascote da Copa de 2014 e Neymar também viram símbolo de fertilidade (Foto: Divulgação)

A tradição de defecar em solo próprio ganhou bonecos, que defecam nos presépios natalinos, como forma de fertilidade nessa época do ano. Os novos modelos de caganers com rostos famosos foram lançados mês passado e ainda fazem muito sucesso nessa reta final de compras natalinas.

Messi também entra na onda (Foto: Divulgação)

“Este ano, há mais esporte e menos política”, disse à AFP Marc Alós, da família Alós-Plá, empresa líder do segmento de caganers. “Antes, produzíamos apenas o camponês típico, mas tivemos que começar a fabricar variantes, porque já não vendíamos mais. Em 2003, começamos a produzir personagens, que foram muito bem recebidos”, explicou Alós.

Para o Natal de 2013 foram fabricadas 30 mil unidades de mais de 300 modelos de caganers, que começaram a ser vendidos em 30 de novembro, a um preço entre 12 e 17 euros.

 

Reply