Palmeiras tenta atrapalhar a vida dos rivais para salvar o ano

Depois de um ano conturbado, marcado por polêmicas, eliminações e nenhum título conquistado, o Palmeiras tem uma grande oportunidade de terminar a temporada de…

Cicinho e Valdívia podem fazer a diferença para o Verdão diante dos rivais

Depois de um ano conturbado, marcado por polêmicas, eliminações e nenhum título conquistado, o Palmeiras tem uma grande oportunidade de terminar a temporada de bem com sua torcida. Para isso, basta atrapalhar a vida dos rivais Corinthians e São Paulo, nas duas últimas rodadas do Brasileirão.

Na última partida do Campeonato Brasileiro, o Verdão encara ninguém menos do que o maior rival Corinthians, que pode conquistar o título nacional justamente em cima da equipe alviverde. Entretanto, se o Verdão vencer pode até tirar o troféu das mãos do arqui-inimigo. O Timão é o líder do Brasileirão, com 67 pontos, dois a mais que o vice-líder Vasco.

Se depender do presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, o Corinthians terá dificuldades para superar o Verdão. Em entrevista à rádio Bandeirantes, Tirone prometeu bicho dobrado aos jogadores. “Se precisar dou até do meu bolso. Vou pagar muito. Qual o problema?”, afirmou o mandatário alviverde à rádio.

Porém, antes de pegar o Timão, o Palmeiras terá um outro clássico pela frente, contra o São Paulo, já no próximo domingo, no estádio do Pacaembu. Nesse caso, a meta vai ser acabar com o sonho do rival de conquistar uma vaga para a Libertadores de 2012. Isso porque se o Palmeiras sair vitorioso do Choque-Rei pode eliminar qualquer possibilidade de o São Paulo chegar à competição continental.

Para azar de corintianos e são-paulinos, o desempenho do Verdão é bom nos clássicos pelo Brasileirão. Nas quatro partidas que disputou, o Palmeiras venceu dois (Santos e o próprio Corinthians), empatou uma (contra o São Paulo) e foi derrotado apenas uma vez (para o Santos).

Caso o Verdão obtenha êxito nos dois clássicos, certamente o sofrido torcedor alviverde terá uma festa completa neste fim de ano.

Leia Também:  Corinthians e Vasco se enfrentam por vaga na semi da Libertadores

Top