Pais que perderam a autoridade: o que fazer

Parece que nos dias atuais existe um consenso em relação ao enfraquecimento da autoridade dos pais para com seus filhos. Alguns defendem a ideia…

Parece que nos dias atuais existe um consenso em relação ao enfraquecimento da autoridade dos pais para com seus filhos. Alguns defendem a ideia de que foram as crianças que perderam o respeito e outros dizem que foram os pais que perderam a autoridade. Porém, se os pais percebem que os filhos na obedecem mais e que são manipulados por eles, é hora de virar o jogo antes que seja tarde demais. Saiba mais sobre o assunto e veja o que os pais devem fazer quando perderam a autoridade com os filhos.

Os pais devem educar os filhos com autoridade. (Foto: divulgação)

Os pais devem ter autoridade

De algumas gerações para a atual, é possível notar uma mudança muito significativa na posição dos pais quanto ao estabelecimento de limites e regras disciplinares com seus filhos. A falta de limites gera consequências negativas para a criança e seu desenvolvimento.

A criança que não aceita as regras simples, como se comportar na escola, jogar um jogo, com certeza terá dificuldades para conviver com outras pessoas. Os limites ajudam as crianças a tolerar as frustrações e adiar sua satisfação. A criança deve aprender a esperar a vez dela, compreender que deve obedecer a autoridade dos pais.  Além disso, a falta de autoridade pode levar a uma desorientação, de respeito e até a criminalidade nos casos mais extremos.

Os pais devem conversar com os filhos e estabelecer regras. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para investir na educação dos filhos 

O que fazer quando os pais perderam a autoridade

1. Estabeleça novas regras gradativamente: é importante que os pais estabeleçam novas regras e conversem com o filho explicando que algumas coisas serão diferentes, sejam com as brincadeiras, hora de dormir e outros comportamentos;

Leia Também:  Brincadeiras para Gincana Escolar

2. Combine claramente com ele: se a criança faz um escândalo quando quer algo, antes de sair de casa explique para ela que você não dará nada a ela além do necessário. É preciso que você mantenha sua posição caso hajam os possíveis choros e dramas;

3. Mostre que tudo tem consequências: as punições são os últimos recursos a serem usados, os pais devem explicar várias vezes que esse comportamento não é aceitável. Porém, se a criança desafiar os pais, as punições como castigos deverão ser estabelecidas;

4. Reforce o bom comportamento: se a criança se comportou direitinho durante a semana, os pais podem levá-la para fazer algo que gosta, sendo assim ela será estimulada a manter o respeito sobre os combinados com os pais;

5. Seja firme e carinhoso: os pais devem ter autoridade com os filhos, porém não devem se esquecer que a criança necessita de carinho. O ideal é sempre optar pelas conversas sem gritos e escândalos para que a criança não confunda os sentimentos dos pais;

6. Explique o porque do não: os devem conversar com os filhos e explicar o porque estão agindo dessa forma com eles, mostrando sempre o porque não foi legal a atitude dele relacionada a algo.

É fundamental que pais e filhos tenham uma boa relação. (Foto: divulgação)

Veja também os principais erros na educação dos filhos 

Os pais possuem papel fundamental na educação dos filhos, por isso devem manter sua autoridade durante esse processo. Quando os pais perdem a autoridade com os filhos, é essencial estabelecer novas regras de forma gradativa para recuperar a posição diante dos filhos e dessa forma, evitar problemas futuros.

Top