Pagamentos do Telexfree bloqueados

A 2ª Vara Cível da Comarca da cidade de Rio Branco julgou procedente uma ação civil pública que foi proposta pelo Ministério Público do…

A 2ª Vara Cível da Comarca da cidade de Rio Branco julgou procedente uma ação civil pública que foi proposta pelo Ministério Público do Acre, e suspendeu os pagamentos da Telexfree as pessoas cadastradas e a adesão de novos contratos até o julgamento final da ação principal, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.

A Telexfree oferece pagamentos para seus associados que fazem anúncios (Foto: Divulgação)

Segundo o MPE, os donos da companhia são suspeitos de montar um esquema de pirâmide financeira. A decisão foi divulgada no final da tarde da última terça-feira (18 de junho). A acusação sob a Telexfree é de que ela estaria fazendo no Brasil recrutamento de investidores e criando um esquema de pirâmide financeira sob o disfarce de marketing multinível.

Telexfree é condenada por trabalhar com esquema de pirâmide

De acordo com o processo que proíbe a Telexfree de fazer novos pagamentos no Brasil a empresa não trabalha com a venda de produtos ou serviços, mas sim com a adesão de novas pessoas para alimentar o sistema de pagamento. O argumento da justiça é que o suposto produto oferecido pela Telexfree, um software para realização de ligações pela internet, deve ser comprado em kits.

 

A Telexfree teve os pagamento suspensos em todo o país (Foto: Divulgação)

Comunicado oficial da Telexfree

Seguindo a determinação da Justiça do Acre a Telexfree colocou o seguinte comunicado em sua página oficial no Brasil:

“Por força de decisão judicial proferida em 13 de junho de 2013, pela Juíza de Direito Thais Queiroz B. de Oliveira Abou Khalil, nos autos de Ação Cautelar Preparatória nº 0005669-76.2013.8.01.0001, ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Acre, em trâmite na 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco-AC, estão proibidas novas adesões à rede Telexfree, na condição de partner ou divulgador; estão vedados os recebimentos, pela Telexfree, de Fundos de Caução Retornáveis e Custos de Reserva de Posição; estão proibidas as vendas de kits de contas VOIP 99Telexfree nas modalidades ADCentral e ADCentral Family; estão proibidos os pagamentos, aos partners e divulgadores, de comissões, bonificações e quaisquer vantagens oriundas da rede Telexfree (decorrentes de vendas de contas VOIP 99 Telexfree, de novos cadastramentos, de postagens de anúncios, de formação de binários diretos ou indiretos, de royalties, de Team Builder, dentre outras porventura devidas); que o descumprimento a qualquer das determinações acima enseja o pagamento de multa de R$100.000,00 (cem mil reais) por cada novo cadastramento ou recadastramento e por cada pagamento indevido.”

Leia Também:  Itau bankline personnalité: saiba mais

Top