Pagamento via Whats App - Como vai Funcionar, Como Usar

Pagamento via Whats App – Como vai Funcionar, Como Usar

Com essa pandemia e o distanciamento social, as pessoas não estão conseguindo sair de casa, nem para pagar as contas. Mas, nem tudo está…

Por bety em 17/06/2020

Com essa pandemia e o distanciamento social, as pessoas não estão conseguindo sair de casa, nem para pagar as contas. Mas, nem tudo está perdido, uma das redes sociais, mais usadas atualmente, o Whats App começa permitir que pessoas possam enviar dinheiro a pessoas conhecidas e também comprar produtos, sem precisar sair do aplicativo.

O Brasil é o primeiro país que vai poder usar esse recurso do Whats App, no começo só serão permitidos cartões de crédito e de débito, dos bancos: Nubank, Sicred e Banco do Brasil, as bandeiras dos cartões podem ser Visa ou Master, quem fará as transações é a Cielo.

No dia 15 de junho a novidade da Cielo, começou a ser liberada, mas para apenas algumas pessoas, que receberam uma atualização. Com o passar dos dias outras pessoas poderão ter acesso ao recurso. Quando for liberada vai aparecer no menu a opção “pagamento”, ele estará disponível nas ações, para acioná-lo será só clicar no sinal de “+” nos celulares de chip nos Androids e nos iPhones.

Como Configurar o Pagamento pelo WhatsApp?

A novidade ainda será disponibilizada aos poucos por meio de Atualização do aplicativo de mensagens, após atualizado você já pode seguir o Passo a Passo abaixo para enviar e receber pagamentos direto do WhatsApp:

  • Toque no Clique de Papel 📎;
  • Clique em Pagamentos;
  • Insira o Valor e envie;
  • Adicione uma forma de pagamento;
  • Crie Pin para Facebook Pay;
  • Insira seus Dados;
  • Insira os Dados do seu Cartão;
  • Verifique seu Cartão;
  • Após feito isso você já pode enviar pagamentos pelo WhatsApp.

Quem a plataforma abrangerá?

A plataforma de pagamento também abrangerá o Facebook, o Instagran e o Whats App, proporcionando ao aplicativo a sua primeira fonte de receita consistente. O Facebook Pay também está sendo lançado no Brasil, uma carteira virtual do aplicativo e do Messenger que foi lançada em 2019 nos Estados Unidos.

A Índia chegou a testar a ferramenta, porém não foi possível, por conta de uma pendência do governo indiano, mas em breve deverá ser lançada.

O diretor de operações do Whats App, Matt Idema, diz que fazem dois anos que busca uma ferramenta para efetuar pagamentos digitais, com o objetivo de proporcionar as pequenas empresas a expansão dos seus negócios, sendo o Brasil um país de excelentes negócios.

Outros Apps poderão usar aqui no Brasil?

Sim, aqui no Brasil, outros App como o Facebook e o Instagram em breve deverão dispor dessa plataforma para que os usuários possam usar e o melhor é que usando as informações do Whats App.

Quando Zuckerberg, anunciou o recurso, em 2019, foi com o objetivo de integrar ainda mais os aplicativos que ele criou. Tanto que poderão enviar mensagens entre os aplicativos, como enviar do whats App para o Instagram.

Transferências de graça entre pessoas

As pessoas que estiverem interessadas em enviar ou receber dinheiro, e até mesmo pagar por produtos pelo Whats App, deverão cadastrar um cartão de débito ou de crédito dos bancos que são parceiros.

A pessoa que deseja usar a ferramenta deverá aceitar os termos, que são os de pagamento e de política de privacidade do Whats App, termos de pagamento e política de privacidade do Facebook, e para finalizar os termos e política de privacidade da Cielo.

Logo em seguida será necessário criar uma senha para o Facebook Pay, que também poderá fazer uso da impressão digital.

Para poder fazer as transferências de dinheiro pelo Whats App será preciso usar a senha que é também chamada de PIN e não a senha do banco. O envio de dinheiro que será entre duas pessoas, não haverá custos, porém, empresas não poderão usar essa modalidade, e para que elas não o usem existem restrições, como:

  • Apenas cartões de débito serão aceitos;
  • Poderão ser mandados até R$ 1.000 por transação;
  • Uma só pessoa poderá receber 20 transações por dia;
  • Haverá um limite de R$ 5.000 por mês.

As transferências entre pessoas não podem ser feitas por menores de idade e os bancos que terão acesso e registros a essas transações.

Top