Os verdadeiros nomes das duplas sertanejas

É difícil saber quem acertaria dizer quem são Mirosmar e Welson ou José e Durval, ou mesmo, Geraldo e Evair. Apesar de serem nomes…

É difícil saber quem acertaria dizer quem são Mirosmar e Welson ou José e Durval, ou mesmo, Geraldo e Evair. Apesar de serem nomes pouco comuns em nosso meio, eles formam duplas sertanejas muito famosas e que possuem fãs por todo o Brasil. Para que você conheça esses, além de outros nomes verdadeiros de cantores sertanejos, separamos alguns exemplos.

Mirosmar e Welson são Zezé Di Camrgo e Luciano. (Foto: Divulgação)

Conheça as melhores duplas sertanejas de 2011

Nomes pouco conhecidos

  • Mirosmar e Welson – eles são os criadores de “É o amor”. Sim, isso mesmo, estamos falando de Zezé Di Camargo e Luciano. Sabemos o quanto é difícil de acreditar, porém o fato é real.
  • José Lima e Durval – essa dupla decidiu mudar o nome, já no meio do caminho da carreira artística. Atualmente, eles são conhecidos como Chitãozinho e Xororó e continuam fazendo sucesso com suas músicas contagiantes.
  • Geraldo e Ivair – essa dupla trai como um dos seus sucessos de carreira, a música “Ela é demais”.  Isso mesmo, eles são os conhecidos Rick e Renner.
  • Luiz José e Emival Eterno– com certeza são nomes difíceis para uma dupla sertaneja. Por isso, um dos componentes resolveu batizá-los com pseudonomes mais fáceis e comuns que, no fim, acabaram dando certo. Hoje, eles formam a dupla Leandro e Leonardo.

    José Lima e Durval são Chitãozinho e Xororó.(Foto: Divulgação)

Conheça mais nomes de duplas sertanejas

São diversos os artistas que utilizam pseudônimos, uma forma de facilitar a memorização e colaborar na divulgação dos trabalhos. Conheça abaixo alguns exemplos.

  • Aparecido e Marcelo  – Gian e Giovani;
  • Vinícius e José – Bruno e Marrone;
  • Romeu e José Alves – Milionário e José Rico;
  • José Divino e Luiz Felizardo – Rionegro e Solimões;
  • Aldair e Alcino – Teodoro e Sampaio;
  • João e José – Tonico e Tinoco;
  • Francisco e Ana – Cascatinha e Inhana;
  • José e Ralf – Cristian e Ralf;
  • Sebastião Paulo e Paulo – Cesar e Paulinho;
  • José Renato e Daniel – Rosa e Rosinha;
  • Herickson e Henzzo – Guilherme e Santiago;
  • Fernando e Fernando – Fernando e Sorocaba;
  • Hugo e Hemerson – Hugo Pena e Gabriel.

    Fernando e Sorocaca são Fernando e Fernando.(Foto: Divulgação)

Pseudônimos – uma antiga tradição

A tradição de pseudônimos é muito antiga e foi inicialmente criada para dar impacto, além de facilitar a memorização dos nomes das duplas pelo público. Em alguns casos, essa mudança também colaborou dando sonoridade aos nomes. Obviamente, a troca de nomes focou a facilidade do marketing comercial das duplas, o que ajuda na  divulgação do trabalho artístico.

Leia Também:  Atores que mais foram indicados ao Oscar

A mudança dos nomes de duplas sertanejas tornou-se comum. A ideia surgiu para facilitar o reconhecimento dos cantores, colaborando com o marketing no meio artístico. Com certeza, após conhecer os nomes reais, concordamos com as mudanças. Afinal, são nomes de fácil memorização e que está na ponta da língua dos amantes da música sertaneja.

Conheça as duplas sertanejas que enfrentaram crises em 2011

Top