Os protestos que marcaram 2014

Os protestos que marcaram 2014

Os protestos que marcaram 2014 foram muitos, pois foi nesse mês que o país resolveu se expressar sobre tudo o que estava errado. A…

Por Élida Santos em 22/12/2014

Os protestos que marcaram 2014 foram muitos, pois foi nesse mês que o país resolveu se expressar sobre tudo o que estava errado. A insatisfação popular foi expressa de um jeito visto somente nas Diretas Já, onde o então presidente Color foi destituído do seu cargo. A população foi para ruas e muitas coisas mudaram, mas tantas outras ficaram somente na promessa.

Protestos começaram a ganhar força pelo país em junho (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Capas De Protestos Para Facebook

Os protestos que marcaram 2014

Os protestos que marcaram 2014 começaram nas grandes capitais (São Paulo, Porto Alegre, entre outras), com a reivindicação de um valor mais justo no transporte público. Mas, o povo foi à rua pedir muito mais que um valor aceitável a pagar para andar de trem, metrô e ônibus. A população queria algo além dos protestos pelos 30 centavos a mais na passagem, e sim mostrar a força popular.

Os protestos tinham cada vez mais pessoas participando (Foto: Divulgação)

Tudo começou em Porto Alegre

A Justiça do Rio Grande do Sul cedeu a pressão popular e revogou o reajuste no transporte público em Porto Alegre. Depois disso, a campanha tomou outras capitais. Alguns protestos em São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia e Natal foram bem violentos, com confronto entre manifestantes e a polícia. Tudo isso começou no dia 6 de junho desse ano.

Saiba mais informações sobre: Protestos contra o aumento da tarifa do transporte: entenda, fotos

Três dias seguidos de protestos em São Paulo

Depois de três dias seguidos de protestos, os manifestantes mostraram que estavam ali para pedir por zero de corrupção, mais saúde, menos violência e tudo mais que estava incomodando o povo há tempos. O protesto sempre ganhava mais manifestantes, e mais baderneiros também, que quebravam patrimônio público e do provado em demasia. E isso era somente 8 de junho.

Protestos que marcaram o país em 2014 (foto: Divulgação)

Governo muda de opinião sobre protestos

A primeira postura de todos os governos estaduais foi não ceder a pressão popular e esperar a poeira abaixar, mas depois de oito dias seguidos de protesto e com isso longe de acontecer, os governantes começaram a mudar o discurso e a demonstrar que iam recuar. O mesmo acontecei em São Paulo.

Os protestos que marcaram 2014 vão te ajudar a se lembrar que o país não está tão bem como muitos pensam (Foto: Divulgação)

Tarifa de ônibus não sofreu aumento e protestos continuaram

Cerca de 15 dias depois do primeiro protesto em Porto Alegre, as tarifas de ônibus em grandes capitais não sofreram o reajuste prometido. Os protestos não pararam e a presidente se viu obrigada a vir a público com a PEC 37, que prometia melhorias na saúde (onde começou o programa Mais Médicos), segurança e um tratamento mais eficiente contra denúncias de corrupção.

Top