Os perigos do salto alto

Não há mulher que resista a um belo par de sapatos de salto alto, pois além de deixar o visual feminino mais bonito, ainda…

Não há mulher que resista a um belo par de sapatos de salto alto, pois além de deixar o visual feminino mais bonito, ainda conferem muito glamour e elegância ao look.  Entretanto, é preciso ter alguns cuidado para utilizá-los, afinal, não é de hoje que se ouve falar dos perigos a que estão expostas as mulheres que não dispensam esse tipo de calçado, correndo risco de, até mesmo, sofrerem grave comprometimento da saúde. Conheça um pouco mais a respeito desse assunto.

O uso indiscriminado do salto alto pode trazer malefícios à saúde

Conhecendo um pouco da história dos saltos altos

Os saltos altos fazem parte da vida da mulher há décadas. Para se ter uma ideia, na corte de Luís XIV, todo charme e elegância eram demonstrados ao se usar indiscretos saltos vermelhos. Por muito tempo, esses calçados foram privilégio da nobreza, além de uma importante marca de status. Com o passar dos anos, foram assumindo outra função, até se tornarem a representação da sensualidade. Seu apogeu ocorreu durante os anos 50, quando Roger Vivian desenhou o salto de agulha para Christian Dior. Como resultado de sua utilização, é possível obter a associação de um “bumbum empinado”, com os seios erguidos, deixando a mulher muito sensual e ao mesmo tempo elegantíssima.

Veja também: Clique aqui e confira dicas da elegância e charme proporcionados pelos sapatos altos vermelhos.

 Glamour X Saúde

Segundo especialistas, o uso frequente do salto pode trazer graves consequências à saúde da mulher. No entanto, devemos ressaltar que nem todo mundo apresentará problemas com seu uso. Os malefícios atribuídos ao uso dos sapatos de salto alto vão desde uma simples dor nos pés até mesmo ao aparecimento de joanetes e dores nas costas

Há muito tempo o salto alto é sinônimo de glamour

Veja também: Pessoas que sofrem com problemas na coluna podem se beneficiar com o uso de salto alto

Leia Também:  Alimentos que parecem saudáveis, mas não são

Compreendendo os malefícios aos pés

Cada pé é composto por 28 ossos, associados a articulações sustentadas por centenas de ligamentos e músculos. Quando a pessoa encontra-se descalça, todo o seu peso é atribuído e distribuído por todos esses ossos. Porém, quando ela calça os sapatos de salto alto, o peso do corpo fica concentrado apenas no antepé (parte da frente dos dedos). Assim, quanto maior for o salto, maior será o peso concentrado e mais comprometida será a região. Devido a isso, iniciam-se as dores nos pés ou, até mesmo, doenças como o neuroma de Morton (inflamação dos nervos da planta dos pés).

A compressão diária dos dedos também favorece o surgimento de outros problemas, como a joanete (desvio angular do dedão) que, além de ser comprimido, desvia todos os outros dedos em sua direção. Outro perigo relacionado ao uso do salto alto, é o aparecimento de tendinite, que ocorre devido à retração constante do calcanhar, em especial do tendão de Aquiles, levando ao quadro de dor e dificuldade de andar sem sapatos.

Outros malefícios

Infelizmente, os problemas que surgem pelo uso indiscriminado dos sapatos de salto alto não surgem apenas nos pés e podem comprometer os joelhos, por ficarem flexionados por muito tempo, ou até mesmo a coluna, podendo acentuar problemas como a lordose, pelo fato de alterarem o centro de gravidade corporal, ou colaborar para o aparecimento de hérnias de disco.

Com certeza, os sapatos de salto alto trazem glamour ao visual. Porém, seu uso abusivo pode trazer graves consequências à saúde. Após conhecer um pouco mais sobre seus riscos, vale a pena tornar seu uso mais racional, afinal, sua saúde (especialmente seus pés) agradece!

Não há mulher que resista a um par de sapatos de salto alto

Veja também: Confira ótimas dicas para escolher os sapato de salto alto perfeito .

Leia Também:  Luminárias exóticas para decoração

Top