Os pedágios mais caros de São Paulo: quais são

Os pedágios mais caros de São Paulo: quais são

O pedágio é uma taxa cobrada para garantir a passagem de um veículo por um determinado trecho. O valor recolhido serve para fazer investimentos…

Por Isabella Moretti em 04/07/2013

O pedágio é uma taxa cobrada para garantir a passagem de um veículo por um determinado trecho. O valor recolhido serve para fazer investimentos na construção e manutenção das estradas brasileiras.

As estradas de São Paulo contam com pedágios caros. (Foto:Divulgação)

Os motoristas consideram o preço do pedágio altíssimo e fora da realidade brasileira. No entanto, uma pesquisa realizada pelo economista Carlos Campos, do Ipea, mostrou que as tarifas de pedágio no Brasil estão abaixo da média mundial. De acordo com o estudo, o brasileiro paga em média 8,77 reais a cada 100 km rodados. Este mesmo dado, considerando a média das estradas mundiais, é de 9,35 reais a cada 100 km.

Protestos contra o pedágio

Pelo Brasil a fora, as pessoas não estão participando apenas de protestos contra o aumento da tarifa de transporte. Os caminhoneiros estão manifestando em nove estados do país e, por causa disso, 22 rodovias foram paralisadas pelo Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC).

As reinvindicações colocadas em pauta variam de um estado para o outro e pedem até mesmo a isenção da taxa de pedágio. Em São Paulo, os manifestantes chegaram a atear fogo em oito cabines de pedágio. Para conter os manifestantes, a polícia usou bomba de efeito moral. A principal reinvindicação é acabar com a tarifa de R$ 6,20 para carros entre Cosmópolis e Paulínia.

Manifestantes queimaram as cabines de pedágio. (Foto:Divulgação)

Os manifestantes também estão agindo contra uma proposta de Geraldo Alckmin. O governador quer voltar a cobrar pedágios de eixos suspensos. Se a medida entrar em vigor, os caminhoneiros passaram a pagar pedágios em todos os eixos, mesmo em viagens sem carga.

Quais são os pedágios mais caros de São Paulo?

O estado de São Paulo é campeão quando se trata de pedágios caros. A maior tarifa cobrada é a comercial para ônibus e caminhões, na estrada Anchieta, que custa R$ 42,40.

O pedágio da estrada Anchieta é considerado um dos mais caros de SP. (Foto:Divulgação)

Confira a seguir quais são os trechos com os pedágios mais caros do estado, de acordo com os dados da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp):

1º lugar: Estrada Anchieta, Pedágio Riacho Grande, tem tarifa de passeio de R$ 21,20 e comercial de R$ 42,40;

2º lugar: Estrada Imigrantes, Pedágio de Piratininga, tem tarifa de passeio de R$ 21,20 e comercial de R$ 42,40;

3º lugar: Estrada Washington Luís, Pedágio de Araraquara, tem tarifa de passeio de R$ 12,90 e comercial de R$ 25,80;

4º lugar: Estrada Washington Luís, Pedágio de Catinguá, tem tarifa de passeio de R$ 12,20 e comercial de R$ 24,40;

5º lugar: Estrada Antônio Machado Sant´Ana, Pedágio de Guatapará, tem tarifa de passeio de R$ 11,50 e comercial de R$ 23,00;

6º lugar: Estrada Anhanguera, Pedágio de Ituverava, tem tarifa de passeio de R$ 10,70 e comercial de R$ 21,40;

7º lugar: Estrada Engenheiro Ermênio de Oliveira Penteado, Pedágio de Indaiatuba, tem tarifa de passeio de R$ 10,50 e comercial de R$ 21,00;

8º lugar: Estrada Carlos Tonnani, Pedágio de Jaboticabal, tem tarifa de passeio de R$ 10,40 e comercial de R$ 20,80;

9º lugar: Presidente Castello Branco, Pedágio de Itatinga, tem tarifa de passeio de R$ 10,30 e comercial de R$ 20,60.

 

Top