Os melhores momentos da carreira de Fernanda Montenegro

Responsável por uma carreira impecável, e dona de um talento extraordinário, a atriz Fernanda Montenegro é referência quando o assunto é cinema, teatro e…

Por Redacao em 18/10/2011

Responsável por uma carreira impecável, e dona de um talento extraordinário, a atriz Fernanda Montenegro é referência quando o assunto é cinema, teatro e novelas. A atriz é completa e se destaca em todas suas interpretações. Com mais de 50 anos de carreira, ela  sempre foi destaque, com uma participação fundamental na construção das emissoras de televisão no Brasil, sendo a primeira atriz contratada pela TV Tupi, do Rio de Janeiro, no ano de 1951.

A atriz sempre obteve destaque no teatro, e ainda no ano de 1952 levou o prêmio de atriz revelação da Associação Brasileira de Críticos Teatrais, por conta de sua atuação nas peças “Está lá fora um inspetor” e “Loucuras do Imperador”. Após atuar em mais de 150 peças, Fernanda monta o seu próprio grupo teatral, o Teatro dos Sete, fundado por ela ao lado do marido, Fernando Torres,falecido em 2008, e dos atores Ítalo Rossi ,falecido em 2011, e Sérgio Britto.

Ao decorrer dos anos 60, a atriz participou de várias novelas, entre elas “Pouco Amor Não É Amor” e “A Morta Sem Espelho”, ambas de Nelson Rodrigues, “Sangue do meu Sangue”, de Vicente Sesso, “A Muralha”,  adaptação de Ivani Ribeiro entre outras. Trabalhos esses, que  enriqueceram a carreira da atriz.

Em 1981, Fernanda Montenegro estreou sua primeira novela, na Rede Globo, do consagrado autor Manoel Carlos,  intitulada, “Baila comigo”. A personagem interpretada por Fernanda, Sílvia Toledo Fernandes, foi escrita exclusivamente para a atriz. A partir daí, ela participou de inúmeras novelas nas telinhas, todas com muito sucesso e prestígio, como novelas do autor Silvio de Abreu, Benedito Ruy Barbosa etc.

Mesmo com tantas participações de sucesso em novelas, minisséries, peças teatrais e filmes, foi com o filme Central do Brasil, de Walter Salles, que Fernanda Montenegro viveu o ponto alto de sua carreira, e ganhou reconhecimento internacional. Recebendo o prêmio Urso de Prata no festival de Berlim, e sendo a primeira e a única artista brasileira a ser indicada ao Oscar de melhor atriz, O filme Central do Brasil foi o principal marco de sua carreira.

Com pouco mais de 30 participações em novelas, sendo a última “Passione”, 22 filmes, e inúmeras peças de teatro, a atriz  faz parte da história da televisão, com uma contribuição honrosa, digna de uma atriz brilhante e com um talento incomparável. Aos, recentes, 82 anos de idade,  a diva continua atuando, com a peça “Viver Sem Tempos Mortos”. Há muito que se esperar de Fernanda Montenegro, que com tantos anos de carreira ainda surpreende o público, com atuações impecáveis da atriz mais conceituada do Brasil, na atualidade.

Top