Os mangás mais vendidos no Brasil

O mangá é um tipo de história em quadrinhos que faz sucesso no Japão. Entre os brasileiros, os almanaques também são queridos e agradam…

Por Isabella Moretti em 24/02/2013

O mangá é um tipo de história em quadrinhos que faz sucesso no Japão. Entre os brasileiros, os almanaques também são queridos e agradam principalmente aqueles que gostam de animes (desenhos japoneses).

Rurouni Kenshin é o mangá mais vendido. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Anime Friends 2012

Os mangás mais vendidos do Brasil

Confira quais foram os mangás mais vendidos do Brasil em dezembro de 2012:

1º Lugar: Rurouni Kenshin (2)
O mangá mais vendido do Brasil foi o Rurouni Kenshin. A série, que também foi adaptada para um anime, conta a história de um espadachim da Era Meiji que promete nunca mais matar.

2º lugar: One Piece (11)
A série conta a história de uma tripulação pirata comandada pelo capitão Luffy, que tem a ambição de encontrar o maior tesouro do mundo.

3º lugar: Soul Eater (5)
O mangá explora as aventuras do universo sobrenatural em uma escola fictícia. A instituição precisa eliminar os seres que usam as almas humanas para se tornarem mais poderosos.

4º lugar: Fairy Tail (25)
A série conta a história de uma jovem maga que vive em um mundo mágico e precisa evoluir e aprimorar as suas habilidades.

5º lugar: Bakuman (16)
Bakuman conta a história de dois garotos que querem se tornar criadores de mangás.

Páginas do mangá de Dragon Ball. (Foto:Divulgação)

6º Lugar: Dragon Ball (8)
A série conta a história de Goku, que ao longo de sua vida enfrenta muitas batalhas para reunir as esferas do dragão. O mangá inspirou um dos animes mais populares entre os brasileiros.

7º lugar: Os Cavaleiros do Zodíaco (5)
A série narra as aventuras dos guerreiros poderosos da deusa Atena.

Sobre os mangás

Apesar de estar presente nos hábitos contemporâneos de leitura, o mangá é um ‘produto’ antigo. Suas raízes estão no período Nara (século VIII d.C.), quando apareceram os primeiros rolos de pintura japonesa. A forma atual do mangá, no entanto, surgiu apenas no século XX, graças à influência das revistas ocidentais comerciais.

Os mangás possuem algumas peculiaridades que costumam atrair ainda mais leitores. Primeiramente a forma de leitura é inversa a ocidental. As publicações também costumam seguir estilos diferentes, valorizando o público alvo. Os quadrinhos para meninos, por exemplo, valorizam histórias de aventura e ação, já as histórias criadas para meninas são mais sensíveis e românticas.

O mangá é a inspiração dos animes. (Foto:Divulgação)

Considerados bem diferentes dos demais quadrinhos, os mangás possuem um estilo de desenho próprio e marcante. As histórias são voltadas para o público infanto-juvenil, mas também costumam fazer sucesso com as pessoas que gostam de cultura japonesa.

Os mangás começaram a se tornar populares no Brasil na década de 60. Entre os precursores dos quadrinhos japoneses no país, vale ressaltar o trabalho de Cláudio Seto, um descendente de samurais que publicou muitas histórias pela editora EDREL.

Veja também: Onde comprar mangás online: dicas

Top