Os filmes mais caros da história do cinema

Embora fazer um filme não seja nada barato, afinal são muitos processos envolvidos, como atores e cenários e tudo isso custa muito dinheiro, ainda…

Embora fazer um filme não seja nada barato, afinal são muitos processos envolvidos, como atores e cenários e tudo isso custa muito dinheiro, ainda assim há filmes que se superam e acabam custando muito. Saiba quais são os dez filmes mais caros da história do cinema.

Piratas do Caribe: No Fim do Mundo

1º: “Piratas do Caribe: No Fim do Mundo” (2007) e “Cleópatra” (1963)

O longa “Piratas do Caribe: No Fim do Mundo” e o clássico “Cleópatra” estão na primeira posição dos filmes mais caros. Estima-se que o filme de Liz Taylor, “Cleópatra”, tenha custado entre US$ 330 e US$ 340 milhões. Já o filme de Johnny Depp teve um custo de US$ 336 milhões. O grande gasto nas produções ocorreu graças a construções de cenários e figurinos de época, além dos efeitos especiais em Piratas do Caribe.

3º: ”Titanic” (1997)

Um dos maiores vencedores do Oscar, “Titanic”, teve um orçamento estimado em US$ 290 milhões. Grande parte do custo foi devido a pesquisa de James Cameron, que promoveu expedições submarinas aos destroços do navio, e mandou construir uma réplica em 90% de seu tamanho real.

Homem-Aranha 3

4º: “Homem-Aranha 3″ (2007)

Com orçamento de US$ 289 milhões, “Homem-Aranha 3” ficou na terceira posição, graças as suas cenas de ação e efeitos especiais que custaram uma fortuna. Apesar de ter recebido muitas criticas, o longa se saiu bem e ultrapassou os US$ 800 milhões em bilheterias.

Leia Também:  Filme Um Homem de Sorte com Zac Efron

5º: “Enrolados” (2010)

A 50º animação da Disney é também a animação mais cara da história do cinema. O filme é uma adaptação do famoso conto de fadas “Rapunzel”. O custo total da produção foi de US$ 277 milhões.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe

6º: “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” (2009)

O 6º filme da franquia do bruxo Harry Potter, mostra uma das lutas mais tensas entre o Harry Potter e seu super inimigo Voldemort. O grande orçamento de US$ 271 milhões do longa, se dividiu entre a criação de novos cenários, maravilhosos efeitos especiais e as filmagens na tecnologia IMAX 3D.

Veja também: Filmes para assistir com a namorada, dicas

7º: “Waterworld – O Segredo das Águas” (1995)

O filme conta a história de sobreviventes após o derretimento das calotas polares e apesar do grande investimento de US$ 262 milhões, o longa estrelado por Kevin Costner não foi bem nas bilheterias e atualmente é considerado um dos maiores fracassos de Hollywood.

Piratas do Caribe: O Baú da Morte

8º: “Piratas do Caribe: O Baú da Morte” (2006)

Em “Piratas do Caribe: O Baú da Morte”, Jack Sparrow tenta escapar da dívida cobrada pelo amaldiçoado Davy Jones em um cenário cheio de navios antigos e da temida tripulação do Holandês Voador, que consumiu boa parte do orçamento avaliado em US$ 259 milhões, além dos efeitos visuais.

9º: “Avatar” (2009)

“Avatar” foi um filme revolucionário, que utilizou câmeras desenvolvidas especialmente para sua produção, com uma excelente utilização do 3D e captura de movimento de atores de maneira detalhista, sendo totalmente amparado por efeitos visuais, e por isso seu custo foi de US$ 257 milhões.

John Carter

10º: “John Carter” (2012)

Com orçamento de US$ 250 milhões o longa “John Carter: Entre Dois Mundos”, se posicionou na décima colocação, graças as filmagens no deserto de Utah, que exigiram grande apoio logístico, além da utilização de computação gráfica.

Leia Também:  Filme de ação brasileiro '2 Coelhos'

Veja também: Tudo sobre filmes

Top