Os diferentes tipos de sinusite

A sinusite é uma doença inflamatória que dependendo do seu tipo, pode prejudicar a qualidade de vida do indivíduo acometido. O que é sinusite?…

Por Editorial MDT em 24/11/2011

A sinusite é uma doença inflamatória que dependendo do seu tipo, pode prejudicar a qualidade de vida do indivíduo acometido.

O que é sinusite?

Sinusite ou rinossinusite é uma inflamação das vias respiratórias superiores, em especial, em lugares denominados seios paranasais. O processo inflamatório, geralmente, é decorrente de um processo infeccioso ocasionado por vírus, fungos ou bactérias, mas pode estar associado a uma alergia e até mesmo algum agente poluente.

O que são seios paranasais?

Seios paranasais nada mais são do que um grupo de cavidades aeradas (ocas) localizadas nos ossos, situados em volta do nariz; são eles:

  • Seio frontal;
  • Seio etmoidal;
  • Seio maxilar.

Como a sinusite se manifesta?

Os principais sinais e sintomas frequentes em qualquer tipo de sinusite são:

  • Dor de cabeça forte;
  • Dor na região que se situam os seios paranasais, em especial os que estão acometidos;
  • Obstrução nasal;
  • Febre – mais comum ocorre nos casos bacterianos;
  • Coriza;
  • Espirros;
  • Tosse.

Quais os tipos de sinusite?

De uma maneira mais didática, as sinusites são classificadas quanto ao tempo de duração do quadro clínico.

1. Sinusite aguda

  • Quadro clínico apresentará quase todos os sinais descritos anteriormente;
  • Acomete um ou mais seios paranasais;
  • Pode durar até mais que quatro semanas;
  • Pode ser de origem viral ou bacteriana;
  • Início dos sintomas semelhantes a um resfriado comum.

2. Sinusite subaguda

  • Quadro clínico mais leve, quando comparado à sinusite aguda;
  • Dura entre quatro a doze semanas;
  • Acomete um ou dois seios paranasais.

3. Sinusite crônica

  • Afeta tanto os seios paranasais, quanto o nariz;
  • Além dos sintomas do quadro clínico clássico pode apresentar sintomas físicos ou emocionais significativos;
  • O quadro clínico persiste por mais de doze semanas;
  • Pode ser causada por bactérias, fungos ou vírus;
  • Se não tratada corretamente, pode se tornar irreversível.

4. Sinusite crônica agudizada

  • Quando o indivíduo portador da sinusite crônica começa a apresentar sintomas exacerbados.

5. Sinusite recorrente

  • Quando o indivíduo apresenta três ou mais episódios de sinusite em um período inferior a 12 meses, com resolução completa do quadro;
  • Os episódios não duram mais do que sete dias.

Tanto a sinusite crônica, quanto a recorrente pode diminuir a qualidade de vida do indivíduo acometido.

6. Sinusite complicada

Ocorre quando a infecção acomete outros lugares além dos seios paranasais, por exemplo:

  • Meningite;
  • Abscessos cerebrais;
  • Enfisema subcutâneo;
  • Abscessos periorbitários.

Quais os fatores de risco?

  • Desvio do septo ou outras obstruções anatômicas;
  • Sistema imunológico (de defesa) ineficiente;
  • Infecções recorrentes das vias aéreas superiores;
  • Grandes variações climáticas;
  • Poluição do ar;
  • Ambientes muito frios;
  • Alergias crônicas.

Top