Os 5 filmes com maior fama de amaldiçoados do cinema

☰ CONTEÚDOIncubusSangue dos BárbarosO CorvoA ProfeciaO Exorcista Incubus O ator principal do filme, após a gravação acaba matando a namorado e então se suicidando,…

Por Editorial MDT em 23/12/2011

Incubus

O ator principal do filme, após a gravação acaba matando a namorado e então se suicidando, além da atriz que fez o papel de irmã do principal, que cometeu suicídio 12 dias antes da estreia do longa. O filme ainda passou por diversos problemas de produção e até mesmo em sua pré-estreia, quando as copias não emitiam qualquer som.

Sangue dos Bárbaros

Todo o problema do longa começou pela escolha da locação, um deserto em Utah, onde haviam sido realizados vários testes nucleares.  Após a gravação do longa, foi constatado que das 220 pessoas envolvidas na produção, 91 desenvolveram câncer e 46 vieram a óbito por causa da doença.

O Corvo

A maldição do filme O Corvo, estaria ligada a uma maldição direcionada a Bruce Lee, que morreu prematuramente após a filmagem de Operação Dragon. Em O Corvo, Brandon Lee, jovem astro do filme grava uma cena de ação em que é baleado, mas por uma série de fatores e acasos misteriosos o cartucho de festim é trocado por uma bala real, que mata o ator. A cena ainda foi gravada pelas câmeras, e teria sido usada no filme, mesmo com a morte do ator que acabou sendo substituído por um dublê.

A Profecia

O filme que fala sobre um garotinho estranho, é cheio de histórias trágicas, até mesmo em seus bastidores. Pouco antes da filmagem do longa, o filho do diretor se matou e logo em seguida dois aviões da equipe que levavam os atores acabaram sendo atingidos por raios. O hotel em que o elenco estava foi bombardeado, e eles só se salvaram por estavam em um restaurante. O avião que a empresa havia alugado e depois desistiu, caiu matando todos a bordo. Na sexta-feira 13 de agosto de 1976, o responsável pelos efeitos especiais do longa, John Richardson, sofre um acidente de carro, onde seu passageiro morre e ao sair dos destroços dá de cara com uma placa na beira da estrada que marcava Ommen 66,6, sendo que o título original do filme é Omen 666.

O Exorcista

De acordo com a produção do filme, nove pessoas teriam morrido inesperadamente durante o período de produção do filme, além de um incêndio misterioso que teria destruído grande parte dos cenários em um fim de semana. O diretor do filme teria até pedido para um padre exorcizar o local, mas ele apenas concordou em benzer os sets de filmagem, dias depois, uma cruz de 400 anos foi atingida por um raio e logo depois, na premiere do filme, houveram exatamente 400 pessoas que passaram mal durante a exibição do longa.

Top