Onde Praticar Tiro Esportivo

Com a invenção da pólvora surgiram as armas de fogo, logo o seu poder e o seu perigo foram reconhecidos e as pessoas responsáveis…

Por Redacao em 01/05/2011

Com a invenção da pólvora surgiram as armas de fogo, logo o seu poder e o seu perigo foram reconhecidos e as pessoas responsáveis por elas passaram a planejar diversos treinamentos. A princípio o treinamento servia apenas para o aperfeiçoamento militar e uso em combate, mas em 1814, na Grã Bretanha, foram elaboradas as primeiras regras para a competição esportiva do tiro e em 1896 o esporte estava nas Olimpíadas de Atenas. No Brasil o tiro esportivo começou a ser praticado ainda no século XIX, trazido por imigrantes alemães. Em 1906 já tínhamos a Confederação Brasileira de Tiro Esportivo e nas Olimpíadas de 1920 ganhamos uma medalha de ouro em tiro rápido e uma medalha de bronze em pistola livre. Infelizmente após isso o país não voltou a ganhar medalhas olímpicas em nenhuma modalidade de tiro, mesmo mantendo um bom desempenho nos jogos pan-americanos.

O tiro esportivo é praticado em dois tipos diferentes de campo: o normal e o skeet. No campo normal temos várias cabines de tiro – a quantidade depende da modalidade de competição – e uma área de tiro mínima com 15 metros de comprimento por 20 metros de largura. Já o skeet tem uma área mínima de tiro com 15 metros de comprimento por 36,82 metros de largura, existe um semicírculo demarcando a área onde ficarão os jogadores e de onde sairão os pratos. Existem duas caixas em cada ponta e cada uma dessas caixas lança os pratos, a uma velocidade média de 60 km/h e a uma altura de 3,05 metros ou 1,07 metros (dois pratos são disparados ao mesmo tempo, um em cada altura e um de cada lado do campo). O tiro esportivo pode ser praticado com armas de fogo ou de ar comprimido, dependendo da modalidade. Para a prática segura do esporte é necessário que ela ocorra em local apropriado e que todas as observações de segurança sejam seguidas, principalmente sobre vestuário e equipamentos.

No Brasil existem diversos clubes estruturados para a prática de tiro esportivo e as federações estaduais indicam em seus sites e suas sedes quais são esses clubes. Em quase todos os estados você pode encontrar diversos locais para praticar tiro esportivo. Por exemplo, em São Paulo é possível praticar o tiro esportivo em cerca de quarenta clubes diferentes, segundo o site da Federação Paulista de Tiro Esportivo. Somente em Campinas – cidade no interior de São Paulo, aproximadamente 100 km de distância – são três clubes diferentes que oferecem espaço e infraestrutura para o treinamento e diversos cursos sobre tiro esportivo. Dos vinte e sete estados brasileiros (incluindo aí o distrito federal), vinte e um deles conta com uma federação de tiro esportivo. Não possuem a federação os estados do Acre, Amapá, Piauí, Rondônia, Roraima e Sergipe. Procure qual a associação mais próxima de você e, caso haja interesse, conheça todas as informações sobre documentação, exigências e locais para a prática desse esporte.

Aqui no site da Conederação Nacional de Tiro Esportivo é possível encontrar os contatos das federações estaduais e descobrir, em cada estado, quais os lugares apropriados e como fazer para praticar tiro esportivo.

 

Top