Óleo de macaúba para cuidar dos cabelos: saiba mais

Óleo de macaúba para cuidar dos cabelos: saiba mais

Muitas pessoas ainda estão se acostumando ao uso de óleos como os de argan, de coco, ojon, entre outros. Mal se alastrou o sucesso…

Por Editorial MDT em 20/05/2013

Muitas pessoas ainda estão se acostumando ao uso de óleos como os de argan, de coco, ojon, entre outros. Mal se alastrou o sucesso destes produtos e outros novos já estão surgindo, prometendo muitos mais benefícios à beleza. Exemplo disso é o óleo de macaúba, que está começando a aparecer, nas prateleiras de cosméticos. É claro que as pessoas não devem jogar fora os produtos que estão usando, substituindo-os pelo novo óleo. Porém, não custa saber mais sobre esse líquido precioso, genuinamente brasileiro.

A macaúba é originária de Minas Gerais (Foto: Divulgação)

Saiba mais sobre o óleo de macaúba

O óleo de macaúba é extraído dos frutos de uma palmeira típica de Minas Gerais. O produto tem se revelado uma excelente matéria-prima para a fabricação de biocombustível, também. Basicamente, ele contém dois tipos de óleo, em sua composição. Um deles se destina à produção de combustível; outro, serve para a fabricação de cosméticos, sendo que seu uso é indicado para os cabelos. Há, ainda, projetos que pretendem transformar outras partes do fruto em alimento para o gado. Exceto a finalidade cosmética, as outras formas de aproveitamento ainda necessitam de investimento em tecnologias para a produção.

O óleo de macaúba é mais leve do que os outros (Foto: Divulgação)

Em comparação com outros tipos de óleos existentes no mercado, vale ressaltar a fluidez e a leveza do novo ouro de Minas Gerais. A composição do óleo de macaúba o torna mais fino e leve, podendo ser usado em, praticamente, todos os tipos de cabelo. Ele penetra mais facilmente nos fios, contribuindo com a reestruturação capilar, eliminando o frizz e combatendo o ressecamento. Pode ser usado, inclusive, como protetor térmico, antes de chapinhas ou secadores.

Como usar óleo de macaúba

Usar óleo de macaúba é muito fácil. Ele pode ser aplicado diretamente nos cabelos, ou não. Os fios podem estar úmidos ou secos, não importa. Caso os cabelos sejam grossos e encaracolados, pode-se aplicar o produto até mesmo na raiz, já que ele é bem mais leve do que os outros óleos. Já as que têm cabelos naturalmente oleosos devem aplicá-los apenas nas pontas.

Vale a pena usar o produto antes de secador ou chapinha. Ele protege os fios e ainda facilita o alisamento. Como ele tem alto teor de substâncias emolientes, também pode ser misturado com a máscara de hidratação, potencializando a sua ação.

Da castanha é que se extrai o produto (Foto: Divulgação)

As tinturas também podem ser tornar menos prejudiciais aos cabelos, se forem misturas com óleo de macaúba, antes da aplicação. Para finalizarmos, vale dizer que o produto, por ser brasileiro, tem o preço muito mais atrativo do que o de outros óleos.

Saiba mais sobre o óleo de coco: Os benefícios do óleo de coco nos cabelos

Leia sobre o óleo de ojon: Óleo de ojon para cabelos: benefícios

Top