Óleo de linhaça: benefícios, como consumir

O alimento é o combustível do corpo humano, existem bons e maus combustíveis. O óleo de linhaça é um dos bons. Seu um uso…

A linhaça antes da extração do óleo.

O alimento é o combustível do corpo humano, existem bons e maus combustíveis. O óleo de linhaça é um dos bons. Seu um uso transcende a culinária, sendo possível encontrá-lo presente em diversas áreas como na indústria cosmética, em farmácias de manipulação e na pintura.

Esse óleo é produzido a partir das sementes de linho e é uma das fontes de gorduras saudáveis mais usadas por praticantes de esportes físicos, amantes do fitness e atletas que fazem musculação com seriedade. É uma ótima fonte de Ômega 3 e 6, ingredientes que apresentam uma variedade de benefícios. Já foram realizados diversos estudos sobre o óleo de linhaça que comprovaram seu auxílio na saúde cardiovascular e no sistema gastrointestinal, devido aos compostos anticancerígenos e antioxidantes.

A composição do óleo de linhaça

O óleo de linhaça contém 9% de gorduras saturadas, 18% de gorduras monoinsaturadas e 73% de gorduras polisaturadas (57% de Ômega 3 e 16% de Ômega 6). A sua composição ainda contém uma elevada quantidade de fibras solúveis, vitamina E, C, B2 e B1, ferro, zinco, caroteno, e ainda magnésio, potássio, cálcio e fósforo.

O óleo de linhaça é rico em ômega 3 e 6, importantes para o organismo.

Os benefícios

O óleo de linhaça retarda a digestão alimentar devido à presença de fibras solúveis, que absorvem a água dentro do organismo. Esta mistura engrossada move-se lentamente pelo intestino delgado e também absorve algumas substâncias como a glicose e o colesterol.

Esse óleo pode ser usado frequentemente por diabéticos, pois ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue e a prevenir a obesidade, devido às fibras solúveis, que absorvem algumas substâncias como a glicose, eliminando os picos glicêmicos. Além disso, ele atua no equilíbrio hormonal, amenizando distúrbios causados pela TPM e menopausa.

Leia Também:  Tamanho ideal de prótese de silicone

Os benefícios do óleo de linhaça são ótimos para quem quer manter uma dieta consistente e saudável. Ingeri-lo diariamente auxilia no combate ao câncer de mama, de próstata, de cólon e de pulmão. Nas doenças inflamatórias, a semente da linhaça atua diminuindo a inflamação e colaborando para a melhora do quadro da doença. Ou seja, problemas de saúde como gastrite, hepatite, artrite, colite, amidalite e meningite são amenizadas com o uso dessa substância.

Como consumir óleo de linhaça

É recomendável consumir duas colheres de sopa por dia, batidas no liquidificador. Pode também ser misturada em um copo de suco de fruta, sobre a própria fruta, com a aveia, com iogurte no café da manhã ou mesmo no almoço. Pessoas de todas as idades podem ingerir o óleo, inclusive mulheres grávidas.

Sugestão para o consumo da linhaça

É possível misturar o óleo em diversos pratos diários, experimente acrescentar a linhaça em:

  • Iogurtes;
  • Sucos;
  • Saladas;
  • Vitaminas;
  • Massas;
  • Pães;
  • Bolos.

Iogurte com frutas e farelo de linhaça.

Se o consumo do óleo da linhaça for diário, você perceberá diversas alterações no organismo mostrando que ele está mais saudável. A pele fica mais bonita, pois ele ajuda na melhora dos sinais de pele seca e sensível. Adicione essa substância a sua dieta e obtenha todos os benefícios para sua saúde.

Top