O vaso ideal para cada planta

Uma das principais dúvidas que surgem na hora de cultivar plantas em casa é a escolha do vaso. Existem vários modelos disponíveis a venda…

Os vasos devem se adequar ao crescimento de cada planta.

Uma das principais dúvidas que surgem na hora de cultivar plantas em casa é a escolha do vaso. Existem vários modelos disponíveis a venda no mercado, que se distinguem quanto ao tamanho, material, formato e acabamento. Independente da escolha, a peça deve favorecer o crescimento saudável da planta.

Tanto o paisagismo como a decoração permite trabalhar com uma variedade de vasos para compor os espaços. É claro que as peças usadas em exteriores precisam ser mais resistentes para suportar sol, chuva e vento, mas isto não compromete o visual do cenário ao ar livre. Dentro de casa, é interessante buscar uma combinação entre os vasos usados para decorar, deixando a atmosfera mais harmoniosa.

Não existe uma regra exata para encontrar o vaso ideal para cada tipo de planta, mas considerar a harmonia entre os dois elementos é um fator muito importante. Cada espécie pede um tipo de recipiente para se desenvolver, considerando o tamanho da raiz e as necessidades de sobrevivência da planta.

O vaso de planta adequado também contribui com a decoração.

O vaso certo tem o poder de controlar a umidade do solo, ou seja, a cada rega a água não vai se acumular na terra e causar o apodrecimento da raiz. Este recurso só é possível graças ao orifício da drenagem, presente em todos os modelos de vasos voltados para o cultivo de plantas.

No caso de uma peça improvisada, ou seja, um vaso confeccionado com materiais recicláveis, é necessário fazer um orifício para que o solo da planta não fique encharcado. O mesmo se aplica a um utensílio doméstico ou outro recipiente que seja feito de vaso.

Como escolher vaso?

Considere os fatores a seguir para definir o melhor modelo de vaso de planta:

Use vasos grandes e resistentes na área externa da casa.

Dimensões do vaso
Caso a intenção seja contar com facilidades para trocar o vaso de lugar, então as peças grandes e pesadas devem ser evitadas. Os vasos pequenos são mais delicados para decorar os espaços, mas exigem regas frequentes, sobretudo com a incidência direta de raios solares. Lembre-se que, quanto maior o tamanho do vaso, mais orifícios para drenagem ele apresenta.

Material do vaso
Para cultivar plantas nas áreas externas, é recomendado trabalhar com vasos amplos, duradouros e resistentes, como é o caso dos modelos de cerâmica, concreto e fibra de vidro. As peças que devem ser evitadas em espaços abertos são aquelas fabricadas com madeira de qualidade inferior, metal e plástico.

No caso de ambientes internos, é possível trabalhar com todos os tipos de vasos, mas o morador precisa ter bom senso para ajustar a peça ao visual do ambiente, levando em conta a proporção.

Top