O que fazer se a criança não quer ficar na escola

O que fazer se a criança não quer ficar na escola

O que fazer se a criança não quer ficar na escola? Essa é uma pergunta feita por milhares de pais, que diariamente enfrentam um…

Por Andre em 17/12/2014

O que fazer se a criança não quer ficar na escola? Essa é uma pergunta feita por milhares de pais, que diariamente enfrentam um grande problema na hora de levar o filho para estudar.

O que fazer se a criança não quer ficar na escola (Foto Ilustrativa)

Assim que se aproximam da escola, a criança começa a inventar desculpas e doenças, tudo com o intuito de voltar para casa. E quando essas simulações não convencem, elas caem no choro e batem o pé, afirmando que não vão entrar na escola de jeito nenhum.

Já passou por essa situação e ficou sem saber o que fazer?

Dicas para ensinar a criança a gostar da escola

Primeiro dia da criança na escola: como ajudar

O que fazer se a criança não quer ficar na escola

Muitas crianças têm dificuldade em se adaptar à escola (Foto Ilustrativa)

Primeiro, procure saber qual é o motivo que leva a criança a não querer ir à escola. Como os pequenos são muito sensíveis em relação aos acontecimentos ao seu redor, problemas caseiros como brigas, separação ou perda de entes queridos, entre outros, ou mesmo a chegada de um novo irmãozinho, podem afetá-los negativamente.

A rejeição à escola também pode estar ligada a problemas no próprio ambiente escolar, como bullying, brigas com colegas, fobia social, ou relacionada a características como timidez e ansiedade, por exemplo.

Vários motivos podem levar os pequenos a não querer frequentar a sala de aula (Foto Ilustrativa)

Independente do caso, o melhor a se fazer é conversar com a criança para saber o que está causando esse sentimento de rejeição nela. Uma reunião com professores, coordenadores e diretor do colégio também pode ajudar.

A partir daí, quando a motivação for descoberta, é que você deve tomar as providências, que podem incluir uma adaptação gradativa (aumentar o tempo em que a criança fica na escola conforme ela se adapte), a troca de sala, a mudança de horário (da manhã para a tarde ou vice-versa) e até mesmo a troca de escola. Acompanhar a criança dentro da sala de aula, como alguns pais fazem, só em último caso.

Paciência e conversa são fundamentais

A ajuda dos pais é fundamental para a adaptação das crianças à escola (Foto Ilustrativa)

Lidar com criança que não quer ir para a escola não é fácil. Por isso, os pais devem ter muita paciência para resolver a situação, evitando forçar a barra e estressar o filho, o que pode atrapalhar ainda mais.

Converse com a criança e explique sobre as possibilidades que podem surgir se ela frequentar a escola, como conhecer novos amigos, participar de jogos, brincadeiras e passeios, aprender muitas coisas, etc. E se coloque à disposição para ajudá-la nessa adaptação.

Dependendo do caso, um acompanhamento psicológico para a criança também pode ser interessante.

Top