O que fazer em Olinda (Pernambuco)

Na região metropolitana de Recife, capital de Pernambuco encontra-se um destino ideal para quem procura por belas praias e muita cultura. Fundada no século…

Na região metropolitana de Recife, capital de Pernambuco encontra-se um destino ideal para quem procura por belas praias e muita cultura. Fundada no século XVI, pouco tempo do descobrimento do Brasil, o local foi sede da Capitania de Pernambuco e teve, no passado, um grande engenho de açúcar. A história do local é rica em acontecimentos e até hoje é possível ver construções de séculos passados, como a Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia e a Igreja de Nossa Senhora da Graça, ambas erguidas na época da criação da cidade, quando ainda era apenas um povoado. Com tantas opções fica difícil decidir o que fazer em Olinda Pernambuco, por isso selecionamos dicas especiais para você que pretende viajar para esse magnífico roteiro turístico.

O Centro Histórico de Olinda, tombado pela UNESCO e reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade, desde 1982, abrange um terço da área total da cidade, e tem muitos monumentos perfeitamente preservados. Do ponto de vista arquitetônico, os turistas podem ver a história de perto ao fazer passeios pela Catedral de Olinda, Mosteiro São Bento, Igreja Nossa Senhora das Neves e Igreja Nossa Senhora do Carmo.

Olinda é conhecida também pela grande quantidade de artesãos e ateliês de artesanato. Entre cerâmicas, pinturas, esculturas e outros, é possível encontrar muitos locais que se dedicam à vendas dessas peças que transmitem muito da cultura pernambucana. Para comprar, basta visitar locais como o Alto da Sé, onde existem lojas variadas, o Mercado da  Ribeira ou o Mercado Eufrásio Barbosa, na Praça do Varadouro.

Apesar de não serem o grande destaque desta cidade que possui tantos atrativos culturais e históricos, algo também interessante que você pode conhecer ao viajar para Olinda são suas praias. A orla tem aproximadamente 12 quilômetros de extensão e é composta por seis praias: Rio Doce, Casa Caiada, Bairro Novo, Carmo, Praia dos Milagres e Praia de Maria Farinha. A Praia dos Milagres, no entanto, é indicada para aqueles que gostam de apreciar a paisagem, pois o mar é muito agitado e pode ser perigoso para o banho.

Carnaval

Em uma cidade histórica e que já foi batizada como a Primeira Capital Brasileira da Cultura, o maior destaque fica para o Carnaval, um dos mais tradicionais do país. Todos os anos, uma infinidade de turistas se dirige a Olinda com o objetivo de participar de uma festa muito animada e que tem um diferencial: começa uma semana antes da data oficial dos festejos carnavalescos. Mesmo com a grande quantidade de ladeiras, os foliões pulam e brincam quase que à moda antiga: é grande o número de pessoas que se fantasiam e a cidade conta com a presença de diversos blocos de carnavais que já fazem história na festa.

Outra tradição muito forte do carnaval de Olinda são os famosos bonecos gigantes, que se destacam no meio da multidão. O primeiro registro de bonecos gigantes é da década de 30, o conhecido Homem da Meia-Noite, que desfila até hoje na noite de sábado de carnaval. A celebração do carnaval de Olinda é também fortemente marcada pela trilha sonora que agrega ritmos locais típicos, como frevo, maracatu e baião. A experiência é imperdível!

Top