O que é o Jovem Aprendiz?

O que é o Jovem aprendiz? Leia a matéria e entenda melhor essa ocupação profissional. Conseguir o primeiro emprego é sempre um momento difícil.…

Por Isabella Moretti em 28/02/2016

O que é o Jovem aprendiz? Leia a matéria e entenda melhor essa ocupação profissional. Conseguir o primeiro emprego é sempre um momento difícil. Ainda mais para pessoas mais jovens, sem experiência no mercado de trabalho e com os estudos ainda não concluídos. Por conta disso, o Jovem Aprendiz tem sua importância reconhecida e aproveitada por jovens que miram conseguir a primeira vaga no mercado de trabalho.

O que é o Jovem Aprendiz? (Foto Ilustrativa)

O que é o Jovem Aprendiz? (Foto Ilustrativa)

Leia mais: Inscrições Jovem Aprendiz Caixa Econômica 2016

O que é o Jovem Aprendiz?

Jovem Aprendiz é um programa determinado pelo Governo Federal tanto para órgãos públicos, quanto para empresas privadas. É um programa advindo de um decreto federal do ano de 2000, que determinou que empresas de médio e grande porte contratassem um número de aprendizes igual ou equivalente a pelo menos 5% de seu quadro de funcionários.

Expectativa para o Jovem Aprendiz 2016

Para o Jovem Aprendiz 2016 a expectativa é que muitas vagas sejam geradas pelo programa, mais vagas do que os anos anteriores. O que é importante, pois muitos jovens sairão do ensino e já estarão inseridos no mercado de trabalho.

Como em 2016 serão realizados os jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, muitas vagas serão criadas nos mais variados setores por conta desse grande número de turistas que estarão pelo Brasil durante as Olimpíadas.

Áreas de interesse para o Jovem Aprendiz 2016

Muitas vagas são abertas no programa Jovem Aprendiz, ainda mais nos primeiros meses do ano. Empresas dos mais variados segmentos estão buscando pessoas para cobrir as vagas destinadas ao Jovem Aprendiz como, por exemplo, Caixa Econômica Federal, Correios, Itaú e outras que tem a obrigação de ter um número pré-determinado de jovens.

Áreas como o turismo, hotelaria, setor de vendas, serviços administrativos, além da área de informática, que sempre está em constante crescimento, são os focos de muitas empresas na contratação de Jovem Aprendiz.

Saiba mais: Como participar do programa jovem aprendiz 2016

Inscrição Jovem Aprendiz 2016

O programa é voltado para jovens de 14 a 24 anos. (Foto Ilustrativa)

O programa é voltado para jovens de 14 a 24 anos. (Foto Ilustrativa)

Jovens que tenham entre 14 e 24 anos, que estejam cursando ou o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio, podem se inscrever em qualquer vaga aberta nos programas Jovem Aprendiz das mais variadas empresas. A jornada de trabalho varia de acordo com a escolaridade do jovem. Os que estão cursando o ensino fundamental trabalham por 6 horas diárias enquanto que os que já acabaram deverão trabalhar por 8 horas diárias. O Jovem Aprendiz tem direito a vale-transporte, férias, décimo terceiro, salário e todos os direitos básicos.

Para conferir como se inscrever, o Jovem Aprendiz tem que pesquisar empresa por empresa que se interessar, pois cada uma tem o seu próprio processo seletivo e de inscrição.

Calendário Jovem Aprendiz 2016

Conforme abordamos acima, assim como as inscrições, o calendário determinado no programa de Jovem Aprendiz varia muito de empresa para empresa. Cada um tem seus prazos e datas específicas de início de processo seletivo e de resultado das vagas. No site de cada empresa tem as informações necessárias para esse conhecimento.

Pronatec Jovem Aprendiz 2016

O Jovem Aprendiz também contempla uma parceria com o Pronatec através de cursos disponíveis. Elaborado em 2014 pelo Governo Federal, o Pronatec Jovem Aprendiz está presente na micro e pequena empresa e assim como o Jovem Aprendiz, ele busca a inserção do jovem no mercado de trabalho. Com a parceria do Pronatec, esse programa deve beneficiar jovens acima dos 15 anos e a prioridade é para os que vivem em situação de vulnerabilidade e estejam matriculados em escolas da rede pública.

Vantagens para as empresas

Além de oferecer oportunidades para jovens que até então teriam muito mais dificuldade para conseguir a primeira chance no mercado de trabalho, as empresas que participarem do Pronatec Jovem Aprendiz tem muito a ganhar.

De acordo com as regras do Pronatec Jovem Aprendiz, as empresas que contam com somente um funcionário podem contratar o jovem aprendiz, sendo que o programa originalmente exigia um mínimo de sete trabalhadores, restringindo a iniciativa a empresas de maior porte.

As empresas também levam vantagem ao contratar aprendizes. (Foto Ilustrativa)

As empresas também levam vantagem ao contratar aprendizes. (Foto Ilustrativa)

Na prática a empresa deverá arcar com recolhimento de 2% de FGTS (antes era cobrado 8%), com o salário mínimo-hora da empresa do jovem, que deve ter expediente entre 4 e 6 horas diárias. No fim do processo de aprendizagem, o aluno recebe sua certificação e tem maiores chances de ser definitivamente contratado pela empresa, pois além dele já saber como fazer seu serviço e estar integrado com toda a equipe, para o empregador isso compensará em sua folha salarial.

Inscrição no Pronatec Jovem Aprendiz 2016

Para as empresas, sejam elas pequenas ou micro, que tem o interesse de participar do programa Pronatec Jovem Aprendiz, a inscrição deve ser feita pelo site Mais Emprego do Ministério do Trabalho do Governo Federal. A partir dessas inscrições a demanda de quantas vagas é possível será definida e divulgada. Já o Ministério do Trabalho ficará com a tarefa de articular relações entre os jovens matriculados no Pronatec e as empresas interessadas.

Veja também: Vagas de estágio e programa Jovem Aprendiz 2016

Agora você já sabe o que é o Jovem Aprendiz e como participar desse programa. Fique de olho no anúncio das médias e grandes empresas, pois muitas estão com vagas abertas. Continue no Mundo das Tribos e veja outras matérias sobre emprego.

 

Top