O que é a reforma da previdência e qual a sua importância?

PUBLICIDADE

A reforma da previdência foi um dos eventos políticos mais impactantes dos últimos anos, em nosso país. Não é para menos, a reforma da previdência era absolutamente necessária e foi utilizada para acabar com o déficit econômico, que o Estado estava sofrendo para pagar os novos beneficiários que entravam para o programa, que é um direito de todo o trabalhador brasileiro. 

Dizendo em termos bastante grosseiros, a previdência brasileira estava em déficit por funcionar de maneira bastante similar a um processo de pirâmide financeira, onde novos participantes de um programa econômico só servem para pagar os ganhos dos antigos. 

Por isso, venha entender o que mudou com a reforma da previdência, na tentativa de salvar o sistema previdenciário e muito mais, confira! 

PUBLICIDADE

O que é a reforma da previdência?

A reforma da previdência foi um evento político marcante na última década da política brasileira. A partir do momento que o vice-presidente Michel Temer assumiu a presidência da república, seu ministro identificou o grande déficit pelo qual estava passando toda a previdência do Estado. Preocupados, a equipe de ministros e o próprio presidente Michel Temer iniciaram uma série de estratégias para salvar o sistema. 

O que é a reforma da previdência?
Fonte/Reprodução: original.

Toda a reforma da previdência demorou um bom tempo para chegar a um bom termo, e sua conclusão só foi possível no governo seguinte, no governo do então presidente Jair Bolsonaro. 

A reforma da previdência é uma tentativa de criar um sistema previdenciário que seja sustentável a longo prazo, e que não acabe como uma bomba relógio financeira como estava fadado a ser sua primeira versão. 

Quais são os principais pontos da reforma da previdência?

Existiram diversos pontos que a reforma da previdência abordou para que a previdência se tornasse do ponto de vista financeiro um mecanismo muito mais fácil de ser utilizado. 

PUBLICIDADE

Em primeiro lugar, a reforma da previdência adotou mudanças na idade mínima para se aposentar. Homens devem ter pelo menos 65 anos de contribuição, antes de conseguir o benefício da aposentadoria, já mulheres, devem ter pelo menos 62 anos. 

Quais são os principais pontos da reforma da previdência?
Fonte/Reprodução: original.

Outro ponto que foi abordado é o tempo mínimo de contribuição quer para homens se tornou 20 anos e para mulheres 15. E por fim, o último dos principais pontos abordados pela reforma da previdência foi a alíquota recolhida: 

PUBLICIDADE
  • Até 1 salário mínimo: 7,5%;
  • Até dois mil reais: 9%;
  • Até 3 mil reais: 12%;
  • Acima de 3 mil reais: 14%.

Esses foram os principais pontos abordados pela reforma da previdência de 2019, que mudaram em relação à antiga. 

Por que a reforma da previdência é necessária?

A reforma da previdência só aconteceu pois o déficit previdenciário era impossível de ser levado adiante. Hoje, mesmo recente a reforma já trouxe frutos relacionados ao respiro econômico que esse setor recebeu, se tornando novamente sustentável pelo menos até os próximos anos. 

Como a reforma da previdência afetará os trabalhadores?

Do ponto de vista legal os trabalhadores não têm o direito afetado, mas devem se orientar com um especialista em direito previdenciário a respeito de como ficará seu benefício, pois há normas específicas para trabalhadores mais antigos que, em teoria, participaram do antigo sistema. Mas para aqueles que começaram a trabalhar depois da reforma o que vale é a nova regra. 

PUBLICIDADE

Quando a reforma da previdência entrará em vigor?

A reforma da previdência já está valendo! Para todos que começaram a trabalhar após novembro de 2019 se encaixa totalmente nas novas regras da reforma. Mas para aqueles que já trabalhavam antes é necessário procurar um advogado ou especialista em direito previdenciário. 

Embora a reforma da previdência seja encarada com maus olhos, ela é infelizmente um remédio amargo mas necessário para o sistema. 

PUBLICIDADE

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.