Editorial MDT 11/03/2013 Bem Estar

O organismo humano é uma máquina espetacular, capaz de se organizar de forma surpreendente para sobreviver mediante as situações mais extremas. Infelizmente, sua capacidade e velocidade em metabolizar algumas substâncias, de forma que possam ser excretadas do corpo, é limitada e pode estar afetada em determinados indivíduos. O abuso de doses cavalares de remédios ou drogas ilícitas é capaz de levar o paciente a um estado gravíssimo, que pode ser fatal. Saiba mais sobre o assunto e entenda o que a overdose causa no organismo.

Confira a lista de famosos que morreram por overdose.

Na overdose intencional a pessoa tem consciência dos riscos à saúde. (Foto: divulgação)

O que acontece num organismo com overdose

A overdose ocorre quando uma pessoa acaba consumindo determinado tipo de substância em uma dose que o organismo é incapaz de suportar. O principal órgão afetado é o fígado, responsável por recolher todos os elementos indesejados do organismo e metaboliza-los, isto é, transformá-los em outra substância menos nociva e mais hidrossolúvel, para que possa ser excretada através da urina com maior facilidade.

O problema é que quando ocorre o consumo exagerado de uma substância química como fármacos, álcool ou drogas ilícitas, o fígado acaba sendo incapaz de eliminar todos os compostos maléficos na mesma velocidade com que são absorvidos pelo corpo. O resultado é uma intoxicação, que em situações graves, como na overdose, costuma estar associada à depressão do sistema nervoso central e parada cardiorrespiratória, que levam o paciente a óbito.

Tipos de overdose

A overdose é classificada em duas categorias:

  • Overdose intencional: geralmente é decorrente do abuso de drogas e se dá quando a pessoa tem consciência de que a ingestão excessiva de determinada substância vai prejudicar a saúde, mas mesmo assim continua consumindo-a.
  • Overdose não intencional: normalmente esse tipo de problema ocorre como resultado da dosagem inadequada de algum medicamento, como consequência da automedicação.

A automedicação é um problema que pode causar a overdose. (Foto: divulgação)

Efeitos da overdose

Normalmente os efeitos da overdose costumam variar de um paciente a outro, e o quadro sintomático é muito dependente do tipo de substância envolvida, da quantidade ingerida e das formas de uso. Podem ocorrer sinais e sintomas agudos e crônicos, dentre os quais os mais comuns são:

  • Agitação;
  • Sudorese fria;
  • Delírios;
  • Taquicardia;
  • Hipertensão arterial;
  • Arritmia cardíaca;
  • Febre alta;
  • Convulsões;
  • Intensa dor no peito.

Saiba mais sobre a overdose de analgésicos.

A overdose causa depressão do sistema nervoso central e parada cardiorrespiratória. (Foto: divulgação)

A overdose é um quadro grave, que coloca em risco a vida do paciente e que, por isso, necessita receber uma avaliação médica imediata. Esse problema não precisa ser necessariamente causado por substâncias ilícitas e pode ocorrer devido a ingestão de doses inadequadas de medicamentos, secundários à automedicação.

Outros artigos

São Paulo Fashion Week Inverno 2013

31/10/2012

São Paulo Fashion Week Inverno 2013

Nesta segunda-feira (29) foi dada a largada para a principal semana de moda do Brasil, o São Paulo Fashion Week. Esta edição do evento tem como objetivo apresentar a...

Móveis divertidos para decorar a casa

08/12/2011

Móveis divertidos para decorar a casa

Quem está cansado da monotonia na decoração, pode optar por uma proposta mais divertida e se surpreender com os resultados. Esse estilo não invade apenas os quar...

Luminária de Led Preços, Onde Comprar

10/03/2011

Luminária de Led Preços, Onde Comprar

Luminária de Led Preços, Onde Comprar Luminária de led pode ser encontrada em muitas lojas online em que comercialize produtos para iluminação. Deixo algumas dicas ...