O Facebook se tornará uma espécie de loja social

Katie Mitic, diretora de plataforma e mobile marketing do Facebook, anunciou nesta quarta-feira (12/10) sua parceria com o eBay, maior site de vendas virtual…

Por Redacao em 13/10/2011

Katie Mitic, diretora de plataforma e mobile marketing do Facebook, anunciou nesta quarta-feira (12/10) sua parceria com o eBay, maior site de vendas virtual dos Estados Unidos. Com a medida, a rede social visa incentivar o “social commerce” e deve lançar novos aplicativos que permite a comercialização de bens dentro da própria rede.

Caso alguém compartilhe que adorou determinado filme, atualmente, você pode apenas “curtir” o que ele anunciou. Com a medida, o Facebook disponibilizará opções como “assistir” ao mesmo filme ou “ler” o mesmo livro. Da mesma forma, os usuários da rede poderão divulgar que “desejam” determinado aparelho ou ainda que “compraram” determinada peça de roupa.

Para tal, o Facebook deve contra com novos aplicativos que relacionam compras e opiniões de seus amigos e também oferecem novas ofertas. “Pedimos informações e ajuda a amigos e familiares para tomar decisões sobre nossas compras. Queremos trazer isso para a vida real” afirmou Mitic. Segundo ela, essa é a base do social commerce: incentivar as vendas através das relações sociais de quem conhecemos.

Outra novidade anunciada no mesmo dia pelo eBay é a sua integração com o PayPal, que prevê a criação de uma espécie de crédito para os usuários do serviço. A medida também deve ser integrada ao Facebook, permitindo que seus usuários consumam produtos ao mesmo tempo em que navegam pela rede.

Top