O chefe não vai com a sua cara: o que fazer

Depois de receber umas cortadas, você começa a desconfiar que seu chefe não vai muito com sua cara. Ele demonstra estar sempre irritado quando…

Por Editorial MDT em 31/10/2012

Depois de receber umas cortadas, você começa a desconfiar que seu chefe não vai muito com sua cara. Ele demonstra estar sempre irritado quando você dá sugestões em reuniões, reponde seus questionamentos sem muita atenção e sempre que pode, critica seu trabalho. Mas o que fazer diante dessa situação? Pensando nisso, selecionamos dicas do que fazer quando o chefe não vai com sua cara. Confira.

É essencial conversar com o chefe sobre o que está acontecendo. (Foto: divulgação)

Analise a situação com calma

Antes de achar que é a pessoa mais odiada pelo chefe, é indispensável analisar a situação. Procure ver se o chefe é desse jeito somente com você, ou se ele trata todo mundo da mesma forma. Em grande parte dos casos, esse problema pode ser reflexo das dificuldades de comunicação entre o funcionário e o chefe. Além disso, é possível que o funcionário tenha mania de perseguição.

Para descobrir quem é de fato o problema, o correto é usar o bom senso e fazer uma auto-avaliação e optar pelo diálogo.  Mas antes de perguntar para o chefe se ele não vai com sua cara, é preciso ter argumentos para que a conversa não pareça infantil.

É preciso saber realmente se o chefe não vai com sua cara. (Foto: divulgação)

Veja também regras de etiqueta para ser um bom chefe 

O que fazer se o chefe não vai com sua cara

1. Converse com o chefe: o primeiro passo para resolver essa situação é conversar com o chefe de maneira profissional e sem arrogância. O ideal é começar perguntando para o chefe de que forma você pode melhorar, porém sem se vitimizar.

2.   Não vire ”puxa saco”: em hipótese alguma tente virar um puxa saco do chefe. Algumas pessoas se irritam com essa atitude e isso só vai piorar as coisas, além de não se boa para você.  Fazer elogios de forma discreta pode ser muito bom, mas sem exageros.

3. Estabeleça um prazo para resolver a situação: coloque um prazo para si mesmo e se durante esse período a situação não for resolvida, a melhor opção é procurar outro emprego ou falar com outros superiores.

4. Se o clima estiver muito ruim: se você pretende ficar na empresa, vale a pena conversar com o RH sobre o que está acontecendo. Porém, é preciso certificar-se de que a organização para a qual você trabalha está aberta a esse tipo de diálogo. Pois caso contrário a situação pode piorar ainda mais.

5. Evite falar sobre o assunto com os colegas: desabafar com os colegas pode gerar fofocas que só irão prejudicar ainda mais a situação. Além do mais os colegas não irão resolver o problema para você e as perseguições do chefe só irão aumentar.

Ter um bom relacionamento com o chefe é indispensável. (Foto: divulgação)

Veja também como ganhar pontos com o chefe 

O bom relacionamento com o chefe é indispensável para o desempenho do funcionário em uma empresa. Se o chefe não vai com a cara do funcionário, é necessário avaliar o porquê e tentar resolver da melhor forma possível. Conversar com o chefe sobre o assunto pode ajudar a resolver o problema, caso não resolva, o ideal é pensar seriamente em mudar de emprego.

Top