Novo Siena 2012/2013 – Fotos

Uma das lições aspiradas pelos fabricantes de veículos nos últimos anos com os consumidores é que há um público muito divergente para hatches e…

Por Editorial MDT em 25/01/2012

Uma das lições aspiradas pelos fabricantes de veículos nos últimos anos com os consumidores é que há um público muito divergente para hatches e sedãs. Não adianta adicionar um bagageiro avantajado a um modelo, como a Peugeot fez com o 307, é necessário ir além. Assim como a Peugeot investiu em aspectos diferentes para seus automóveis, como é o caso da dupla 308 e 408, agora é a vez da Fiat mostrar que daqui pra frente Palio e Siena serão mais ‘primos’ que irmãos.

É fato que na essência eles permanecem idênticos, mas na aparência e na seleção de equipamentos, há uma disputa exorbitante.  Previsto para chegar às concessionárias no começo de março, o novo Siena trocará de patamar e, mais até que o Palio, ele proporcionará não só espaço como beleza e perfeição.

Frente e traseira especiais

Antes de citar as mudanças, vamos comentar as semelhanças. A parte mais análoga a do novo Palio é a lateral (porta, maçaneta e friso), por uma questão de gastos. No entanto, a frente, terá um visual privilegiado, com faróis estendidos bem maiores que os do hatch. E mais, a grade ainda será mais extensa e com um detalhe cromado na parte superior. O para-choque com belos retalhos, promete destacar ainda mais o visual do modelo.

A maior diferença do novo Siena, todavia, é mesmo a traseira. Se no presente modelo, existe uma inclinação aprumada e um grande e elegante porta-malas, na geração seguinte esbanjará bom gosto. O aspecto carroceria será semelhante com o de um cupê e o porta malas será pequeno, mas sem perder a capacidade. As lanternas que envolvem o capô e a lateral dão o toque final ao veículo.

Já o painel, será praticamente idêntico ao do Palio – somente os difusores de ar e outros detalhes menores são alterados para proporcionar mais individualidade ao sedã.

A Fiat, entretanto, tem outra visão sobre a combinações de versões do Siena. Como é voltado para um público que precisa de potência, já que é um veículo para a família, ele deve ter versões com motor  1.6 E.torQ e 1.4 Evo. As transmissões, por outro lado, serão iguais a do hatch, manual de cinco marchas e Dualogic, automatizada.

Em questões de preços, como a montadora deseja sustentar algumas versões do atual modelo, para dar conta da concorrência com modelos mais acessíveis, o novo Siena não terá grande aditamento, como aconteceu com o novo Palio. O modelo deve partir de R$ 36 mil com uma adequada lista de acessórios como direção hidráulica, airbags e trio elétrico, por exemplo.

Top