Novela das Seis Paraíso: Confira as diferenças entre as Versões de 2009 e 1982!

Na época que a novela Paraíso estreou pela Rede Globo em 1982 eu não havia nem nascido ainda, ela que fez grande sucesso na…

Novela Paraíso

Na época que a novela Paraíso estreou pela Rede Globo em 1982 eu não havia nem nascido ainda, ela que fez grande sucesso na década de 80 retorna com uma adaptação agora em 2009. Além de 82 ela foi reprisada em 1986 no programa Vale a pena ver de novo.

Depois de 27 anos da exibição da primeira versão a novela irá retornar ao ar dentro do contexto da história original, é claro que a mesma sofreu algumas modernizações, sendo possível encontrar algumas diferenças entre as edições de 1982 e 2009.

Tive a oportunidade de receber a sinopse das duas versões, aproveitando o momento escrevi as diferenças que acabei percebendo da versão original (1982) e a adaptada (2009).

Primeira

2009 –A jovem Maria Rita foi criada pela mãe Mariana (Cassia Kiss) para ser freira e enfrentou desde cedo o assédio do povo que procurava a menina em busca de milagres.

1982 – Dona Mariana (Eloísa Mafalda), que vive a divulgar a santidade da filha e sonha vê?la num convento. A população tem rumores sobre os milagres que Maria Rita teria feito na infância.

Segunda

2009 –O fazendeiro Eleutério pai de José Eleutério, um grande contador de histórias.

1982 –Os pais de José Eleutério e Maria Rita eram proprietários de grandes fazendas e figuras importantes da região.

Terceira

2009 – José Eleutério carrega a fama de “filho do diabo” por culpa do pai, o fazendeiro Eleutério, um grande contador de histórias conhecido por guardar um diabinho em uma garrafa. A imaginação do povo atribui ao rapaz este apelido porque sua mãe morreu no parto depois que o diabo chegou à casa da família.

Leia Também:  Vagas de Estágio na Pirelli

1982 –O pai de José Eleutério, Eleutério, possui uma garrafa, onde cria o diabo, que lhe garante incríveis poderes. Na realidade, a garrafa é apenas uma lembrança adquirida por Eleutério numa feira do Rio de Janeiro. Mas o povo da pequena cidade acredita na lenda.

Quarta

2009 – Norberto ocupa pela segunda vez o cargo de prefeito da cidade Paraíso em Mato Grosso, além de ser um dos fazendeiros da região ficou reconhecido por fazer o que for possível pela cidade.

1982 –Prefeito da cidade Paraíso se chama Norberto, um sujeito bonachão e sério, mas tem dificuldade de lidar com os poderosos da região e seu jeito de fazer política, ficando sempre à margem de importantes decisões.

Quinta

2009 –A primeira dama, Aurora (Bia Seidl), costuma reclamar a ausência do marido Norberto, porém Maria Rosa (Fernanda Paes Leme), a filha independente e moderna, tenta convencer a mãe da importância do pai administrar a cidade.

1982 –Norberto é casado com a doce Aurora (Tereza Raquel) e pai de Maria Rosa (Elizângela), professora formada, muito inteligente, o melhor “partido” da cidade.

Sexta

2009 – Otávio (Guilherme Winter) e Ricardo (Guilherme Berenguer), cansados da vida no Rio de Janeiro, vendem os parapentes e colocaram o pé na estrada a procura do amigo Zeca (Eriberto Leão), que acreditavam poder ajuda?los a arrumar um emprego. E é assim, enrascados em confusões, que Otávio (Guilherme Winter) e Ricardo (Guilherme Berenguer) conseguem colocar no ar a rádio Voz do Paraíso.

1982 – Otávio Elias (Mário Cardoso) e Ricardo Bidauska (Caíque Ferreira), dois jovens incansáveis na tentativa de trazer o desenvolvimento para a pequena cidade. Formaram-se em comunicação no Rio de Janeiro, mas não conseguiram oportunidade de trabalho na cidade devido à retração do mercado e decidiram tentar a vida no interior.

Leia Também:  Novela Lado a Lado: sinopse, estreia, elenco

Sétima

1982 –Paraíso retratava o universo dos boiadeiros com rodas, com violeiros, tudo organizado sempre pelo personagem Diogo (Sérgio Reis).

2009 –Nesta nova versão o autor da novela, Benedito Rui Barbosa, investe na temática rural brasileira retratando a vida nas fazendas. Será fácil acompanhar enfoques políticos, abordando a questão agrária, alerta sobre os desmatamentos e mostra a chegada do progresso à pequena e pacata Paraíso, uma cidade do interior. As histórias são entremeadas pelos romances, pelas quermesses da igreja, pelas fofocas das moças da cidade e pelos “causos” que aumentam a cada vez que são contados.

Se você já assistiu a novela pode dizer nos comentários o que espera dessa nova versão.

Top