Nove ciclistas são hospitalizados pelo SUS diariamente em São Paulo

  Os ciclistas são vítimas frequentes do trânsito, principalmente em grandes cidades, como São Paulo. Em 2011, aproximadamente 3,4 mil pessoas que andavam de…

Os ciclistas também são culpados pelos acidentes de trânsito.

 

Os ciclistas são vítimas frequentes do trânsito, principalmente em grandes cidades, como São Paulo. Em 2011, aproximadamente 3,4 mil pessoas que andavam de bicicleta pela capital paulista sofreram acidentes e foram internadas em hospitais do SUS (Sistema Único de Saúde). Foram nove ocorrências registradas por dia.

Saiba mais: Regras básicas para ciclistas

Atropelamentos de ciclistas são frequentes em São Paulo

Segundo o levantamento da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, o gasto anual gerado pelas internações de ciclistas acidentados é de, em média, R$ 3,25 milhões. Os dados da pesquisa ainda mostraram que pelo menos um ciclista morre por dia.

O estudo elaborado para avaliar o número de ciclistas hospitalizados inclui apenas aqueles que são atendidos pelo resgate ou recebem alguma forma de socorro emergencial. De acordo com o médico socorrista Hassan Yassien Neto, do Grupo de Resgate e Atendimento às Urgências (Grau), o número de acidentes envolvendo ciclistas é muito maior devido aos casos não notificados. Muitas vezes, após o atropelamento, a pessoa vai para a casa e dá entrada no hospital no dia seguinte.

Já existem ciclofaixas em São Paulo para facilitar a vida dos ciclistas.

Os ciclistas, vítimas do trânsito, acabam sofrendo lesões sérias no corpo e podem chegar ao óbito após a internação no hospital. Existem algumas lesões que são consideradas mais frequentes nos atropelamentos, como as fraturas e contusões ocorridas da cintura para baixo, geralmente na região atingida pelo carro. Os ciclistas também sofrem com outros tipos de lesões com maior gravidade, como o traumatismo craniano. Nestes casos, o tipo de atendimento que é dado à vítima se revela essencial para a sua recuperação.

Leia Também:  Garrafas Térmicas Personalizadas - Preços, Onde Comprar

O atendimento emergencial é muito importante para a recuperação do ciclista acidentado, por isso os meios de apoio devem ser acionados o quanto antes. Mesmo se a lesão não parecer grave, a avaliação médica é essencial para evitar qualquer complicação.

Dicas para os ciclistas evitarem acidentes

O ciclista deve usar equipamentos de segurança e respeitar as leis.

Para não se tornar vítima do trânsito de São Paulo, o ciclista deve adotar medidas preventivas. Confira algumas dicas:

– É importante usar equipamentos de segurança ao pedalar pela cidade, como capacete, joelheira e cotoveleira.

– Para não correr o risco de ser atropelado, o ciclista deve usar refletivos nos pedais, laterais, traseira e dianteira da bicicleta.

– Também é indicado o uso de roupas claras e acessórios refletivos, assim o ciclista pode ser visto com mais facilidade.

– A bicicleta deve estar bem equipada antes de encarar o trânsito das grandes cidades, por isso ela deve apresentar sinalizadores e lanternas, que melhoram a visualização dos motoristas durante a noite.

– É importante que o ciclista evite as ruas movimentadas e siga as regras determinadas pela lei.  Ele não pode circular em vias expressas e rodovias, além do que deve evitar trafegar pelos corredores do trânsito enquanto os carros estão parados esperando o semáforo abrir.

Veja também: Capacetes de bicicletas modelos, preços, onde comprar

Top