Novas Profissões: Dicas de Como Escolher

A velocidade com que o mundo vem mudando, ainda mais depois do furacão internet, é assustadora e difícil de acompanhar. As inovações tecnológicas existentes…

A velocidade com que o mundo vem mudando, ainda mais depois do furacão internet, é assustadora e difícil de acompanhar. As inovações tecnológicas existentes quando você acordou não serão as mesmas com quando você for dormir. Dados, informações, idéias, soluções que antes eram perfeitas, ideais, já não são mais. E isso serve, também, para as profissões. A clássica frase “Quero ser médico!”, ou advogado, ou engenheiro não é mais certeza de sucesso futuro. Numa sociedade fragmentada, repleta de postos de trabalho diversificados e especializados é preciso ter um ensino que siga o mesmo caminho. Portanto, primeiro, entenda exatamente qual a sua luz no fim do túnel e, mãos à obra, pois achar a ferramenta que levará você até lá já não está mais somente nas vias tradicionais.

E como os novos cursos disponibilizados hoje pelas faculdades país afora abrangem uma vasta gama de conhecimentos, o Mundo das Tribos preparou para você algumas dicas e perguntas que te ajudarão a escolher a sua profissão de forma mais eficiente.

1-    Comece com perguntas mais abrangentes. Qual sua visão de mundo? O que você acredita ser importante ser construído para que a realidade à sua volta seja modificada?

2-    Qual são suas habilidades? Onde elas se encaixariam?

3-    O que as outras pessoas lhe dizem que você tem como habilidades?

4-    O que lhe dá prazer em fazer? Liste os prós e contras delas.

5-    O que você não faria de jeito nenhum? Liste outras profissões similares.

6-    Dentre familiares e amigos, quais aqueles que lhe chamam a atenção e admiração pelo que fazem?

7-    Você se preocupa com o seu prazer ou com as possibilidades no mercado de trabalho, independente de ser numa área com a qual você se identifica?

8-    Defina seu perfil. Gosta de rotina? Prefere ter mais tempo livre? É agitado? Calmo?

9-    Quais matérias, ao longo dos seus anos de estudo, mais lhe agradaram?

10- Prefere coisas técnicas ou artísticas?

11- Gosta do trato com as pessoas ou prefere trabalhos mais impessoais?

É evidente que as respostas (que poderiam ser muitas mais) não resolverão seus problemas como num passe de mágicas e não trarão respostas imediatas, mas já é um caminho. Muitas vezes a sua habilidade está escondida numa especialização dentro de uma área mais abrangente. Portanto, pesquise. A internet é uma boa ferramenta para tal. Você poderá encontrar um curso praticamente desconhecido, dentro de uma profissão mais clássica, que está apenas esperando ser encontrado. Depois de encontrar algumas possibilidades pesquisando, fale com pessoas que estudam ou trabalham nessa área. Elas abrirão ainda mais o espectro de entendimento do campo de trabalho. Isso é importante, porque não basta passar no vestibular e entrar numa instituição de ensino para considerar-se apto ou feliz com determinada carreira. Muito pelo contrário. Há inúmeros casos de pessoas que seguirão anos infelizes e só mais tarde descobrirão sua verdadeira vocação. Para evitar o diminuir tal risco a informação é a melhor estratégia.


Top