Nota Fiscal Libera Créditos Outubro 2013 Nota Fiscal Libera Créditos Outubro 2013

Nota Fiscal Libera Créditos Outubro 2013

Se você tem cadastro na Nota Fiscal Paulista e está aguardando ansiosamente a liberação do seu saldo para abatimento no Propriedade de Veículos Automotores…

Por Élida Santos em 09/10/2013

Se você tem cadastro na Nota Fiscal Paulista e está aguardando ansiosamente a liberação do seu saldo para abatimento no Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ou até para resgate em conta corrente ou poupança, saiba que a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo revelou que no último dia 7 de outubro, segunda-feira passada, R$ 805.630.724,39 em créditos foi liberado.

Nota Fiscal Paulista libera saldo para resgate (Foto: Divulgação)

Resgate de créditos deve ser feito pelo site da Secretaria da Fazenda

Podem resgatar valores registrados no programa no primeiro semestre de 2013. De acordo com informações da Secretaria da Fazenda, a solicitação para abatimento do tributo deve ser realizada até o dia 31 de outubro através do site http://www.fazenda.sp.gov.br. Em outubro do ano passado, R$ 36,5 milhões foram destinados pelos consumidores para quitação ou abatimento do IPVA.

Transferência de créditos da Nota Fiscal Paulista

Os usuários cadastrados no programa Nota Fiscal Paulista também podem transferir seus créditos para uma conta corrente ou poupança, mas precisa ser de sua titularidade e não pode ser conjunta. De acordo com a Fazenda, os valores ficam à disposição dos consumidores por cinco anos.

Créditos perdidos da Nota Fiscal Paulista

A Secretaria da Fazenda também declarou que cancelou o total de R$ 130,2 milhões em créditos da Nota Fiscal Paulista que não foram resgatados dentro do prazo determinado pelo órgão. O valor fazia parte dos R$ 270,9 milhões liberados em outubro de 2008 e que não foram utilizados pelos consumidores até esse mês.

O dinheiro pode ser usado no abatimento do IPVA (Foto: Divulgação)

Quem ainda não tem cadastro na Nota Fiscal Paulista deve acessar o site http://www.fazenda.sp.gov.br e cadastrar o CPF. Depois, basta pedir para que seu CPF saia nas compras realizadas. De acordo com cada tributação um valor vai ser revertido para a sua conta da Nota Fiscal Paulista. Cada produto tem um valor percentual que é devolvido para o consumidor. Para mais informações acesse o site http://www.fazenda.sp.gov.br.

Top