Nome sujo: perguntas e respostas

Quando a pessoa acaba gastando mais do que pode e contrai uma dívida, ela fica com o nome sujo e entra para a lista…

Por Isabella Moretti em 20/12/2012

Quando a pessoa acaba gastando mais do que pode e contrai uma dívida, ela fica com o nome sujo e entra para a lista de inadimplentes. Os devedores podem, então, ter o nome cadastrado no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) ou Serasa.

Quem tem dívidas normalmente possui uma série de dúvidas sobre a questão do nome sujo. (Foto:Divulgação)

Embora muitas pessoas já tenham passado pela lista de inadimplentes, existe uma série dúvidas a respeito desta condição. Também é comum não saber ao certo como quitar a dívida e limpar definitivamente o nome.

Leia mais: Consulta nome no SPC e SERASA

Perguntas e respostas sobre nome sujo

Veja a seguir perguntas e respostas sobre nome sujo. Aproveite as informações para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto.

Em quais situações o nome pode ficar sujo na praça?
O consumidor normalmente tem o seu nome encaminhado para o SPC/Serasa quando não paga adequadamente a dívida que assumiu.

Qual a diferença entre SPC e Serasa?
O SPC e a Serasa são duas entidades responsáveis por manter o cadastro de devedores no Brasil. As informações servem para orientar lojas, empresas e bancos a respeito dos indivíduos com pendências financeiras.

A única diferença entre as duas entidades que listam inadimplentes é o fato de que a Serasa é mantida por instituições financeiras, enquanto o SPC conta com o trabalho das associações comerciais e prestadoras de serviço em geral. Independente da origem da dívida, o devedor passa a fazer parte do banco de dados das duas entidades.

O consumidor que não pagou as suas dívidas tem o seu nome incluído na lista do SPC e Serasa. (Foto:Divulgação)

Como saber se o meu nome está no SPC ou na Serasa?
Para efetuar uma consulta ao SPC/Serasa sem pagar nada, o consumidor deve ir pessoalmente até um posto de atendimento e solicitar a certidão de dados. As informações são liberadas a partir da apresentação de RG e CPF.

Antes de ter o nome incluído no cadastro de devedores, a Serasa e o SPC enviam uma carta informando que o consumidor tem um prazo de 10 dias para regularizar a sua situação, caso contrário o seu nome será encaminhado para a lista de inadimplentes.

Quanto tempo o nome pode ficar sujo?
O nome permanece sujo no SPC/Serasa por cinco anos, de acordo com o Código Civil. Se o consumidor não faz a renegociação, o prazo de cobrança acaba caducando a dívida prescreve. Caso o credor não tenha cobrado a dívida dentro dos cinco anos, ele perde o direito de exigir o pagamento. Nem sempre a dívida deixa de existir depois de cinco anos, principalmente se o credor cobrar judicialmente.

É importante tentar uma negociação que caiba no orçamento. (Foto:Divulgação)

Quais os principais problemas enfrentados por quem tem nome sujo?
Quem tem o nome sujo normalmente não consegue fazer financiamentos, pedir empréstimo ou abrir conta no banco. A condição de inadimplente obriga o consumidor a comprar somente à vista.

Quantas vezes o nome pode ir para o SPC/Serasa?
Não existe um limite para o número de vezes que o nome do cidadão pode ir para a lista de maus pagadores. Entretanto, a empresa também pode tirar e recadastrar a dívida quantas vezes achar necessário.

Veja também: Empréstimos Sem Consulta ao SPC

Top