Nintendo Nega Desenvolver Jogos para Celular

Pressionada para ter bons resultados, principalmente depois da apresentação de ontem (13), em evento que antecede a Tokyo Game Show, as ações da empresa…

Pressionada para ter bons resultados, principalmente depois da apresentação de ontem (13), em evento que antecede a Tokyo Game Show, as ações da empresa caíram 5%. Muitos analistas cogitam que a única saída da Big N, que está preparando melhorias para o Nintendo 3DS e “pronta” para lançar seu Nintendo Wii U em 2012, seria a entrada no mercado de jogos casuais para celulares e redes sociais. Satoru Iwata, presidente da Nintendo, disse ao Nikkei, que não pretende tomar tal atitude.

“Isso não está sendo levado em consideração”, disse o executivo ao jornal japonês. “Se fizéssemos isso, a Nintendo deixaria de ser a Nintendo”, continuou.

Em um mercado dominado amplamente pela Apple, e agora, com a chegada forte de aparelhos com o sistema operacional Android, a Nintendo não seria a primeira, mas segundo Satoru, a Nintendo não teria problemas para conquistar uma fatia, provavelmente por contar com títulos exclusivos, como Mario e Zelda.

“Fazer jogos para celular seria provavelmente a decisão correta no sentido em que no momento que começarmos a lançar jogos para smartphones faríamos lucros”, disse Iwata.

“No entanto, acredito que a minha responsabilidade não é a de lucros em um curto período, mas sim a de ter uma Nintendo com força competitiva a médio e longo prazo.”

O certo é que analistas e investidores esperam justamente que a Nintendo encare o mercado móvel para alavancar os lucros e salvar os resultados, que foram prejudicados pelas fracas vendas do Nintendo 3DS.

Top